A divulgação do pedido italiano antes de Temer tomar a decisão preocupa as autoridades daquele país. Há receio de que Battisti acione sua "rede de proteção" no Brasil e tente travar, pela via judicial, um eventual novo ato que o presidente da República pode tomar.

Matéria Completo no Jornal O Globo

Write comment (0 Comments)

Caros amigos

Mais uma tempestade em copo d'agua criada pela ansiedade de uns e pelo pavor de outros.

O Gen Mourão, em sua palestra no Grande Oriente do Brasil, não disse mais do que o óbvio, o que todo mundo já sabe ou, se não sabe, deveria saber.

Ele não fez nenhuma previsão. Não disse qual será o futuro político do Brasil, apenas, e não mais do que isso, disse que, na hipótese extrema de desordem total ("por aproximações sucessivas"), de perda do controle da situação pelas autoridades constituídas (objetivo claro da esquerda bolivariana) o Exército estará pronto para restabelecer a ordem interna no País.

Write comment (0 Comments)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O vídeo acima foi construído baseando-se no relatório de auditoria das eleições do segundo turno em 2014.

As mais de 200 páginas de termos técnicos reprovaram categoricamente o processo eleitoral quase que como um todo, mas talvez diante do tecnicismo, parece que ninguém entendeu.

Agora está tudo explicado didaticamente. Assistir é quase que uma obrigação. Provocar esse debate é um ato de patriotismo. 

Temos que buscar a normalidade.

 
Write comment (0 Comments)
General Mourão: Por que os militares não devem estar na Reforma da Previdência?
Antônio Hamilton Martins Mourão*
* General de Exército da ativa, Secretário de Economia e Finanças do Exército
Os militares das Forças Armadas (FA) nunca tiveram e não têm um regime previdenciário estatuído, seja no âmbito constitucional, seja na esfera da legislação ordinária. Assim, define a Constituição Federal, em seu art. 142, § 3º, inciso X, que a lei disporá sobre ingresso, limite de idade, estabilidade, transferência para inatividade, remuneração do pessoal etc., respeitadas as peculiaridades das suas atividades.
Write comment (0 Comments)

 

 

Do Rei Salomão a Pôncio Pilatos

 Dos vexames oferecidos nos últimos dias pelo Senado e o Supremo Tribunal Federal, destacam-se dois, coisa que não afasta a contundência de outros. Mas não dá para entender o comportamento de Renan Calheiros, escondendo-se do Oficial de Justiça encarregado de citá-lo como réu. Um presidente do Senado brincando de “pique” seria cômico se não fosse trágico, tudo fotograficamente registrado.

No reverso da medalha, também expõe ao ridículo o “acordão” entre os ministros da mais alta corte nacional de Justiça, decididos a proibir o presidente do Senado de hipoteticamente assumir a presidência da República, mas livre para presidir a casa da qual não foi expelido

Write comment (0 Comments)

Subcategorias

The latest news from the Joomla! Team