Prezados

Continência aos heróis que lutaram; cumpriram as ordens de verdadeiros Comandantes Militares, defenderam a democracia que permitiu o acesso ao poder pelo voto e não pelas armas de incompetentes guerrilheiros/terroristas, revanchistas, covardes, ontem quando explodiam aeroportos, assassinando inocentes e hoje perseguindo quem os derrotou nas ações rurais e urbanas que desencadearam.

Enquanto o governo diz ser contra a revogação da anistia aos agentes do Estado, alimenta o assunto pela CV e força nova investida sobre o STF, com pronunciamentos vários favoráveis a essa infâmia.

Honrá-los pressupõe defendê-los até as últimas instâncias.

Sem determinação, organização, fosso e decisão o histórico comando

"Granada e metralha! Espoleta a seis segundos!"

seria pálido e  não haveria a vitória e do inimigo não restariam "feridos e moribundos".

Mallet disse e fez.
Saudações
Ernesto Caruso

 

 

Comments powered by CComment