NOTA À IMPRENSA
COMANDO MILITAR DO LESTE
EXÉRCITO BRASILEIRO
 EMPREGO DE TROPA EM GARANTIA DA LEI E DA ORDEM NA BARRA DA TIJUCA

Por determinação da Presidência da República, o Exército Brasileiro empregará tropa federal na cidade do Rio de Janeiro, no bairro da Barra da Tijuca, nos termos da Lei Complementar nº 97/1999 e do Decreto nº 3.897/2001, em caráter episódico e temporário, em ações de garantia da lei e da ordem, para a preservação da ordem pública e incolumidade das pessoas e do patrimônio, em estreita coordenação com outros órgãos de Segurança Pública, atendendo a solicitação do Governador do Estado.

      O Exército empregará os recursos operacionais militares necessários, para garantir a realização do leilão do Campo de Libra, que ocorrerá no Hotel Windsor.
       
      As tropas federais do Exército sediadas no Rio de Janeiro, reforçadas por elementos da Marinha do Brasil e por destacamentos da Força Nacional de Segurança Pública e da Polícia Militar do Rio de Janeiro, iniciarão o patrulhamento ostensivo na faixa do litoral e nas vias do entorno do Hotel Windsor.
          
      O efetivo total empregado na operação será de cerca de 1.100 pessoas, entre militares e policiais federais, militares estaduais, policiais civis, guardas municipais e funcionários públicos. 

A operação de Garantia da Lei e da Ordem se iniciará à zero hora de domingo, 20 de outubro, e se estenderá até as 24 horas de segunda-feira, 21 de outubro. A área de atuação está delimitada pela Avenida Lúcio Costa, Avenida Érico Veríssimo, Avenida Armando Lombardi, Canal de Marapendi e Avenida Afonso Arinos de Melo Franco (Alameda das Palmeiras). 

Informamos aos moradores da região, e à população em geral, que poderão ser estabelecidos postos de controle que somente permitirão acesso à área de pessoas cadastradas e de moradores que comprovem esta condição mediante apresentação de comprovante de residência. Trechos da praia poderão ser interditados, inclusive aos banhistas. 

Podem-se prever retenções no tráfego das vias adjacentes à área, razão pela qual solicita-se aos motoristas evitar essa região nesse período. 

         Atenciosamente,  

COMANDO MILITAR DO LESTE
EXÉRCITO BRASILEIRO
BRAÇO FORTE - MÃO AMIGA

 Observação do site    www.averdadesufocada.com

Senhores militares da ativa das Forças das Forças Armadas
Todo o cuidado é pouco para que não aconteça  como os senhores o mesmo que ocorreu com seus antigos colegas que, também cumprindo ordens do Presidente da República, combateram  os terroristas comunistas que queriam implantar uma ditadura vermelha no Brasil e que hoje foram abandonados e deixados à própria sorte. 
 

Como muito bem disse o então Comandante do Exército, Gen Francisco Albuquerque, quando o Cel Carlos Alberto Brilhante Ustra foi o primeiro militar a ser processado por ter comandado o DOI/CODI/IIEx : “O Exército não vai se pronunciar porque o caso está sub judice” e recentemente um dos mais altos chefes militares assim se expressou sobre estes acontecimentos: “O problema é do Cel Ustra, O Exército não vai se meter nisto.” 

O Cel Ustra , sozinho, hoje enfrenta mais de 10 processos na justiça.

Enfrentar comunistas e sindicalistas e baderneiros é muito desgastante . Vejam como a imprensa trata os policiais militares que depois de serem agredidos os enfrentam.

Que Deus os proteja e ampare nesta difícil missão

Comments powered by CComment