Cadê os ossos?
Leandro Mazzini  –  Coluna Esplanada
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Jornal de Brasília 11/09/2013
Clima tenso a portas fechadas. Mas antes que o caso esquentasse a falta de energia suspendeu ontem o depoimento do ex-deputado Luiz Eduardo Greenhalg (PT-SP) na Justiça Federal de Brasília, sobre o sumiço de ossadas de guerrilheiros na capital, encontradas no Araguaia em 2001. Greenhalg coordenava o grupo. A coluna revelou o sumiço das ossadas em Janeiro deste ano e a PF entrou na investigação. Quer saber, principalmente, porque apareceram ossos de crianças nos armários sem qualquer ligação com a guerrilha.
 

Reparação
As famílias de pelo menos três guerrilheiros tentam reaver as ossadas que sumiram para pedir indenização ao governo.  

Dupla suspeita
O depoimento de Greenhalg foi sigiloso. Mas há indicações de que a Justiça já mira duas ex-guerrilheiras trapalhonas que carregaram as caixas com os ossos por Brasília.

 

Leia mais sobre o assunto nos links .abaixo:
http://www.averdadesufocada.com/index.php/comisso-da-verdade-especial-107/9152-200913-o-estalar-dos-ossos
http://www.averdadesufocada.com/index.php/comisso-da-verdade-especial-107/8224
http://www.averdadesufocada.com/index.php/luta-armada-especial-100/8063-190113-crianas-do-araguaia-
http://www.averdadesufocada.com/index.php/luta-armada-especial-100/8062-190113-enterro-dos-ossos

Adicionar comentário