Terrorismo no Aeroporto Guararapes - Por Ernesto Caruso
Os autores desse bárbaro atentado - Organização AP -, são hoje glorificados, chamados de  "combatentes da liberdade" por membros do governo , indenizados com quantias milionárias, quando , na realidade, apenas seguiam a cartilha de terror de  Marighella:  os ensinamentos do seu Minimanual ,  para por meio da luta armada e do terrorrismo, implantarem uma ditadura do proletariado
Neste atentado foram dois mortos : Allmirante Nelson Gomes e o jornalista Edson Régis de Carvalho, além de 13 feridos   muitos com gravidade, como o General Sylvio Ferreira da Silva que teve os dedos de uma das mãos amputados e uma das pernas seriamente atingida. Outro ferido gravemente foi o guarda civil Sebastião Thomaz .de Aquino, o Paraíba,  que teve uma das pernas amputadas.
Para estes terrorristas  "Não interessa o cadáver, mas o impacto que ele causa na sociedade" , como prega o Minimanual de Marighella!

Adicionar comentário