Prezados
Para quem já sabe, relembrar os pormenores
daquele ato covarde dos comunistas e para quem desconhece,
poder constatar com fatos e fotos aquele crime hediondo
e o que a sociedade naquele triste e sofrido momento registrou.
Divulgar é preciso. Fazer o contraponto que nos é
negado pela inquisição Dilma/Fonteles.
Saudações
Ernesto Caruso

 


 

Adicionar comentário