PChagas
"...
o Brasil também passou por períodos difíceis na sua história. Nós não podemos, por exemplo, esquecer os 300 anos de escravidão da população negra ou os anos de ditadura que nós tivemos de enfrentar. O holocausto sempre será para o Brasil uma questão que, de maneira alguma, não se pode negar". 
São palavras da presidente Dilma Rousseff.
Por que será que ela não se lembrou de citar as vítimas, em muito maior número, do regime criminoso pelo qual ela pegou em armas e aterrorizou a nação nos anos dourados, quando o lugar dos bandidos de qualquer matiz, raça, opção ou natureza era a cadeia, o cemitério ou o exílio?
Texto completo
É revoltante, para qualquer cidadão minimamente esclarecido, testemunhar as lágrimas da presidente ao "consolar", em Santa Maria, as vítimas da CORRUPÇÃO e da IMPUNIDADE tornadas endêmicas pelo partido que, aparelhando todos os níveis e nichos do poder, a institucionalizou ao ponto de querer convencer-nos de que é "impossível governar sem roubar"!
É inútil procurar os culpados pelo genocídio na Boate Kiss porque eles se chamam CORRUPÇÃO e IMPUNIDADE, as filhas prediletas do sistema de auto proteção que enche os bolsos da canalha petista e dos oportunistas que parasitam nas rebarbas e nos meandros do assalto aos cofres públicos, das facilitações remuneradas e das criminosas vendas de alvarás, sentenças, autorizações, licenças, anistias e outras tantas lucrativas irregularidades que as alimentam.
De uma só tacada, em uma única noite, em poucos minutos, a CORRUPÇÃO e a IMPUNIDADE ceifaram mais da metade das vidas que se perderam na luta contra o terrorismo nos 21 anos de governos militares!
Santa hipocrisia, homiziada e camuflada sob o codinome de "FATALIDADE" e pela qual uns foram pagos para permitir que ocorresse, enquanto outros pagaram caro por ter ocorrido!
Os canalhas ganharam...
Os hipócritas choraram...
Os inocentes sofreram...
Os idiotas continuarão a acreditar, a sofrer e a pagar!
Até quando?!

Comments powered by CComment