Renato Onofre - O Globo - 21/01/2013 Movimento elege os políticos mais corruptos de 2012  
No pódio. Lula em primeiro lugar, entre Sérgio Cabral e Demóstenes  
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) começou 2013 vencendo mais uma eleição. Com 65,69% dos 14.547 votos válidos, ganhou o Troféu Algemas de Ouro, dado às personalidades mais corruptas de 2012. Em segundo, com 21,82%, ficou o senador cassado Demóstenes Torres, seguido pelo governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), com 4,55%.

Texto completo

Ironicamente, a segunda edição da premiação organizada pelo Movimento 31 de Julho, grupo apartidário que se mobiliza por meio das redes sociais, foi marcada pela fraude. Os organizadores detectaram a utilização de um programa de votação automática que criou perfis falsos no Facebook, e que direcionou 38% dos votos (23.557) para candidatos de PSDB e DEM. A descontração deu o tom da premiação, ontem no Leblon. Em clima de carnaval, com máscaras representando os candidatos que disputaram o Algemas de Ouro 2012, os manifestantes elogiaram a atuação do Supremo Tribunal Federal na condução do julgamento do mensalão e lembraram "os feitos históricos" de cada concorrente. - Foram três candidatos que fizeram jus à premiação. Todos eles se destacaram, mas o ex-presidente se sobressaiu. Ano passado, ele foi responsável por um dos momentos mais lamentáveis da História brasileira, ao tentar chantagear um ministro do Supremo. E nem quero lembrar de Valérios e Rosemarys. Acho que ele mereceu esse troféu e o cheque simbólico de R$ 153 milhões - disse Marcelo Medeiros, coordenador do grupo. 

Comments powered by CComment