Uma dúvida: a presidente Dilma realmente extinguiu o Gabinete que Lula criou para agradar a companheira Rosemary Noronha?
Carlos Newton - Tribuna da Imprensa - 12/12/2012
Sobre a Operação Porto Seguro e o romance secreto envolvendo o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a chefe do Gabinete da Presidência da República em São Paulo, Rosemary Nóvoa Noronha, surgem várias perguntas que exigiriam resposta num país mais sério, onde as normas da legislação e a ética realmente fossem respeitadas pelos governantes. 
Por exemplo: os jornais noticiaram que a presidente Dilma Rousseff, assim que irrompeu o escândalo, teria mandado demitir Rose e extinguir o Gabinete da Presidência da República em São Paulo, por ser desnecessário. Mas isso aconteceu mesmo?
Texto completo
No site da presidência da República, até hoje nada consta sobre a extinção do Gabinete. Ao contrário: o site diz que continua em vigor o Decreto 6.188, baixado pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 17 de agosto de 2007. Este decreto (ainda não revogado) dispõe sobre a  existência de  Gabinetes da Presidência em três  capitais: São Paulo, Belo Horizonte e Porto Alegre.
ANENCÉFALO E ACÉFALO
Com a demissão de Rose, portanto, o Gabinete de São Paulo está acéfalo (antes, era anencéfalo). E o  Gabinete de Porto Alegre, segundo o jornal Zero Hora, também está acéfalo e nunca funcionou, pois até o imóvel já vem sendo ocupado por outra repartição.
Já o Gabinete de Belo Horizonte continua funcionando, ocupado por Sônia Lacerda Macedo, que vem a ser uma amiga de infância e companheira de luta armada de Dilma Rousseff. As duas entraram juntas para o Comando de Libertação Nacional (Colina) e a Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR-Palmares).
“Fui para o Rio, ela para São Paulo. Ela ficou presa em São Paulo, eu no Rio. Perdemos o contato desde a clandestinidade. Quando Dilma foi solta, veio a Belo Horizonte, nos reencontramos”, conta. E não se largaram mais. Sônia trabalhou no Ministério da Casa Civil até julho de 2010, participou da campanha e agora mudou de mala e cuia para a cidade onde ambas nasceram.
Então, surgem várias perguntas. A presidente Dilma vai ou não vai extinguir os Gabinetes? Se os Escritórios de São Paulo e Porto Alegre estão acéfalos e não existem órgãos semelhantes em outras grandes capitais, como Rio de Janeiro, Recife, Fortaleza ou Manaus, por que esse privilégio para beneficiar exclusivamente a amiga de infância e companheira de lutas? Qual é a explicação?

Comments powered by CComment