Ele merece, o reconhecimento dos brasileiros!
 O verdugo pop star
Coluna Panorama Político - O Globo 20/09/2012
Por Ilimar Franco
Por onde passa, o ministro do STF e relator do mensalão, Joaquim Barbosa, é festejado pelas pessoas comuns. Na noite desta terça feira, quando chegou para jantar em um restaurante japonês, numa quadra comercial da Asa Sul, em Brasília, foi surpreendido ao ser cercado por jovens, crianças e idosos com pedidos de fotos e autógrafos.
Texto completo

  
 Reacionário, sincero  e HONESTO

Bolsonaro ganha aval de ministro do STF
http://oglobo.globo.com/rio/ancelmo/
Feliz ou infelizmente, depende de seu ponto de vista, vivemos uma época em que acabou o maniqueísmo na política. O julgamento do mensalão está aí como prova.Apesar de ser considerado reacionário por vários setores do movimento popular e social, o deputado Jair Bolsonaro conseguiu um carimbo de aprovação da boca do relator da Ação Penal 470, ministro Joaquim Barbosa, do STF. Barbosa disse que Bolsonaro (PP) foi um dos poucos, quiçá o único deputado de partido da base de sustentação do governo que votou com a oposição em questões como as reformas de previdência e reforma tributária.Confira no vídeo.
http://youtu.be/5dvQknBCix0

PT deflagra campanha para tentar desmoralizar STF
 
Ontem (19/09)  foram escalados vários parlamentares petistas para defender Lula, negar a existência do Mensalão e darem início a uma campanha para tentar desmoralizar o Supremo Tribunal Federal. O senador Jorge Viana (AC), o presidente da Câmara, Marco Maia (RS) e os deputados Jilmar Tatto (SP) e André Vargas (PR) foram os primeiros a lançar a ofensiva petista.
Mas o deputado André Vargas, que é secretário de Comunicação do PT, foi mais longe que todos. Na falta de argumentos para atacar o Supremo, pasmem, afirmou que a transmissão pela TV Justiça do julgamento do Mensalão "é um risco para a democracia". Deu pra entender? Leiam a declaração do deputado André Vargas em discurso na Câmara: "Acho um risco para a democracia que nós tenhamos, envolvendo quem quer que seja, um julgamento criminal on-line, quase um Big Brother da Justiça, no qual as questões técnicas nem sempre são levadas em conta, no qual há tentativa de linchamento moral de pessoas e partidos".

 

Comments powered by CComment