Homenagem
Brasília-DF - Luiz Carlos Azedo - Correio Braziliense - 29/12/2011
O Ministério da Cultura fez ontem o tombamento do Monumento Nacional dos Mortos na Segunda Guerra, no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro, um símbolo da cidade e uma das poucas referências aos heróis que tombaram na Itália.
Agora só falta o governo homenagear os poucos pracinhas que ainda estão vivos. No ano passado eles quase perderam a sede de sua associação — uma espécie de museu — na capital fluminense.
Observação do site www.averdadesufocada.com
 
Será que a Sociedade de Amigos da Biblioteca Nacional. publicará o nome dos heróis da Força Expedicionária Brasileira  na "Revista de História da Biblioteca Nacional", editada por eles?
. Nem será necessário perguntar se eles publicarão o nome das vítimas da Intentona Comunista de 1935  e muito menos o das 119 vítimas dos terroristas durante  a luta armada nas décadas de 60 e 70...  
 
Adicionar comentário