TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL EXTINGUE PROCESSO NO CASO OBAN
A AOPM através do seu Departamento Jurídico, conseguiu importante vitória na Ação Civil Pública interposta pelo Ministério Publico Federal contra o Cel. PM João Thomaz e outros, pela atuação na OBAN (Operação Bandeirante).
O Departamento Jurídico, propôs  recurso de Agravo de Instrumento, contra decisão da Douta Juíza de Primeira Instância, que indeferiu as preliminares argüidas, inclusive quanto a prescrição do processo.
No julgamento do recurso, a Egrégia 6ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª. Região, por unanimidade, entendeu estar prescrita a ação, extinguindo o processo. (Processo nº 002547028.2011.4.03.000)
Da decisão do Tribunal Regional Federal, cabe recurso ao Supremo Tribunal Federal, na qual esperamos um julgamento com a mesma imparcialidade e dentro da mais lídima justiça, seguindo os entendimentos do Ilustres Desembargadores.
Adicionar comentário