" Não chores meu filho,
  Não chores que a vida
  É luta renhida
  Viver é lutar !
  A vida é combate
 Que aos fracos abate
 Mas aos fortes e aos bravos
 Só pode exaltar (...) 
(...) "O forte, o cobarde
       Seus feitos inveja
      De o ver na peleja
      Garboso e feroz;
      E os tímidos velhos
     Nos graves conselhos,
     Curvadas as frontes,
     Escutam-lhe a voz! "(...)
     (Canção do Tamoio - Gonçalves Dias) 

Homenagem a todos os heróis esquecidos, de todas as lutas que os poderosos criam e que os soldados, sob ordens , enfrentam e, 
 depois, com medalhas nos peitos e elogios nas Folhas de Alterações,  são abandonados à própria sorte.
A verdadeira história está repleta deles !
Lembrem-se! Cabeça erguida! A certeza da missão cumprida!  
 E mesmo que já não possam  se erguer, nós nos ergueremos e  choraremos por vocês !
 Maria Joseita Silva Brilhante Ustra 
  Editora do site www.averdadesufocada.com
Adicionar comentário