AOS COMANDANTES DAS  FORÇAS SINGULARES  DAS  FFAA
As Forças Armadas “destinam-se a defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais (Art 142 da Constituição de 1988) Assim lhes cabe defender as Instituições, a começar pela Instituição - Família; o funcionamento, interdependente, dos Três Poderes da República, etc. de qualquer tipo de crime, especialmente, o organizado, que direta ou indiretamente, possam ameaçar a Defesa Nacional debilitando e mesmo comprometendo a nossa Soberania e Integridade Territorial.
Pode a Nação acreditar que a Defesa da Pátria será garantida por um Congresso, onde atos de corrupção estão presentes, envolvendo parlamentares em escândalos, malversação e desvios do recursos públicos, nepotismo, e etc. e etc.? Pode-se acreditar num Poder Judiciário já, agora, contestado, até pelos juizes de Primeira Instância, por sua inoperância e mesmo, desmoralização pelo Poder Executivo que não cumpre as ordens judiciárias e não zela pela Constituição Federal?!
Deve-se acreditar que o Poder Executivo continuará a fazer a prometida “faxina”, visando eliminar os corruptos e subversivos que, hoje, estão a frente da administração pública nacional, realizando apropriações imorais e desvios dos recursos públicos, em todas as áreas, como por exemplo, nos transportes, comunicações, turismo, saúde, na educação, no decantado  PAC 1, onde a corrupção  generalizou-se, sofrendo uma pressão terrível dos envolvidos nas “maracutaias” quase que diárias?!
A Nação agoniza, em todos os seus fundamentos - na desmoralização dos indivíduos  que assistem seus direitos vilipendiados todos os dias;  no sucateamento das FFAA - única Instituição  que goza de alta credibilidade da Nação; na debilidade dos três Poderes da República envolvidos, diariamente, em corrupção, na impotência para funcionar com regularidade, etc. e etc. Assim também acontece  com o funcionamento dos 37 ministério. Citamos apenas o Ministério da Justiça completamente empenhado no Projeto de Lei da Verdade, que visa descobrir o paradeiro de 236 celerados  que atentaram contra a Pátria, na segunda metade  do século passado e nada fazendo para descobrir  as responsabilidades pelas mortes de 30 mil brasileiros, nos confrontos com o aparato de segurança que perdeu 1.800  servidores, além  das mortes de 35 mil brasileiros falecidos nos desastres de trânsito, isto,só em 2010. E que dizer  dos 200 mil condenados, soltos por falta de presídios.?!
 Fica a sociedade, como um todo, responsabilizando os Comandantes das Forças Armadas para que salvem a Nação esquecendo que elas são subordinadas aos 3 Poderes da República , pedindo que cumpram suas missões  constitucionais, parecendo ao povo que não acompanham, pois calados ficam, como aceitando, sem nenhuma  ação conhecida,  a tudo acima relatado.  Parece que, a sociedade os consideram impassivos e que:
-   assistem às violentações à Constituição, como, por exemplo: às invasões de propriedades privadas e às ocupações  de prédios públicos, pelo subversivos do MST?! Que dizer das proibições aos militares freqüentarem a atos religiosos, especialmente, mandado celebrar em memória dos 119  Heróis Nacionais que perderam suas vidas, em defesa da Democracia e da Pátria ?
-  vêm antigos sindicalistas, subversivos da ordem vigente ocupando postos- chaves dos ministérios e empresas estatais, nutridos com milionárias remunerações e praticando o peleguismo, desenfreado, e o enriquecimento ilícito, da noite para o dia ?!!!
-  assistem à roubalheira nos contratos de serviço, de publicidade, despesas nos cartões corporativos, mordomias de toda ordem, evasão milionárias de recursos, enquanto as verbas orçamentárias destinadas as FFAA, são extirpadas, sem o mínimo cuidado anestésico e, posteriormente, contingenciadas?
           -   aceitam fazer parte de um poder público que os tratam com indiferença?!!! 
           -  aceitam o desrespeito explicito aos preceitos constitucionais pétreo como:  a criação absurda de reservas indígenas nas fronteiras; ocupação indevida das faixas de fronteira, invasões das propriedades privadas etc. ?!!!
- parecem concordar com  o esfacelamento moral, material e operacional de seus comandados e de seus instrumentos do exercício de uma nobre missão e profissão, que é lutar pala  defesa da Pátria e garantir  da manutenção  das Leis e da Ordem?!!!
- acatam, proibições às comemorações de efemérides importantes da nacionalidade, testemunhos e registros históricos, como o 27 de novembro de 1935,  e o de 31 de março de 1964 ?!!!
´É sociedade, como um todo, responsável pelos desmandos acima. Ela com sua força, como fez em 1964 com o apoio das Forças Armadas. É que poderá salvar o País.
O  GRUPO GUARARAPES, ACREDITA QUE ELES ESTÃO VIVOS, POIS SÃO HOMENS HONRADOS E QUE AMAM A PÁTRIA. ESTÃO CONCIENTES DAS SUAS RERSPOSBILIDADES, E QUANDO A SOCIEDADE ACORDAR ELES, NOSSOS COMANDANTES, ESTARÃO COM SUAS FORÇAS  AO LADO DO POVO E A NAÇÃO SERÁ SALVA, COMO JÁ FOI SALVA EM 1964.                                                      
ESTAMOS VIVOS! GRUPO GUARARAPES! PERSONALIDADE JURÍDICA sob reg. Nº12 58 93. Cartório do 1º egistro de títulos e documentos, em Fortaleza.  Somos 1.797 civis – 49 da Marinha -  474 do Exército – 51 da Aeronáutica;  TOTAL  2.371   Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. WWW.FORTALWEB.COM.BR/GRUPOGUARARAPES 16-9-2011

Comments powered by CComment

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar