Ato público em frente ao Congresso Nacional 
 -2004/5 em homenagem aos mortos pelos terro-
  tas. seis dessas cruzes levam os nomes de:
  -José Santa Maria - gerente de banco;
  -Sulamita Campos Leite - dona de casa;
  -Mauro Celso Rodrigues - soldado PM/MA 
  -Benedito Gomes - capitão do Exército -SP;
  -Vagner Lúcio Vitorino da Silva - guarda seg-RJ
  -José Armando Rodrigues - comerciante -CE
Reverenciamos a todos os que, em agostos passados, tombaram pela fúria política de terroristas. Os seus assassinos, sob a mentira de combater uma ditadura militar, queriam implantar uma ditadura comunista em nosso país. Para isso, atentaram contra o Brasil, desprezando os direitos humanos verdadeiros e os princípios realmente democráticos.
A esses heróis o reconhecimento da Democracia e a garantia da nossa permanente vigilância, para que o sacrifício de suas vidas não tenha sido em vão:
20/08/69 – José Santa Maria (Gerente de banco – RJ)
Morto por terroristas que assaltaram o Banco de Crédito Real de Minas Gerais, do qual era gerente.
25/08/69 – Sulamita Campos Leite  (Dona de casa – PA)
Parente do terrorista Flávio Augusto Neves Leão Salles.
Morta na residência dos Salles, em Belém, ao detonar, por inadvertência ,uma carga de explosivos escondida pelo terrorista.
31/08/69 – Mauro Celso Rodrigues (Soldado PM - MA)
Morto quando procurava impedir a luta entre proprietários e posseiros, incitada por movimentos subversivos.
12/08/70 – Benedito Gomes (Capitão do Exército – SP)
Morto por terroristas, no interior do seu carro, na Estrada Velha de Campinas.
19/08/70 – Vagner Lúcio Vitorino da Silva (Guarda de segurança – RJ)
Morto durante assalto do Grupo Tático Armado da organização terrorista MR-8, ao Banco Nacional de Minas Gerais, no bairro de Ramos.
 Participaram da ação: Sônia Maria Ferreira Lima, Reinaldo Guarany Simões, Viriato Xavier de Melo Filho e Benjamim de Oliveira Torres Neto, os dois últimos recém chegados do curso em Cuba.
29/08/70 – José Armando Rodrigues (Comerciante - CE)
Proprietário da firma Ibiapaba Comércio Ltda. Após ter sido assaltado em sua loja, foi seqüestrado, barbaramente torturado e morto a tiros por terroristas da ALN. Após seu assassinato seu carro foi lançado num precipício na serra de Ibiapaba, em São Benedito, CE.
Autores: Ex-seminaristas Antônio Espiridião Neto e Waldemar Rodrigues Menezes, ( autor dos disparos), José Sales de Oliveira, Carlos Timoschenko Soares de Sales, Francisco William de Montenegro Medeiros, Gilberto Telmo Sidney Marques.
 
Adicionar comentário