União Nacional dos Estudantes Lesa-pátria - UNELP
 
Por muito menos os caras pintadas foram às ruas
Agora, a Une está  comprada, dominada...
Uma chapa branca a serviço do mais corrupto sistema de relações público-privadas da história do país.
Quem não se lembra daquela cena cívica de estudantes caras pintadas de verde e amarelo solicitando nas ruas a destituição do desgoverno Collor, tendo como principal motivação as “denúncias de corrupção de sua administração”? Pelo menos foi o que a sociedade acreditou na época.
A sociedade se encheu de orgulho ao ver seus estudantes universitários saírem às ruas e reivindicarem a queda de um governo classificado pelo Parlamento como corrupto, o mesmo Parlamento que virou um balcão de negociações espúrias para servir ao desgoverno Lula.
O retrato de uma hipocrisia
Por Geraldo Almendra
No palco da UNE brada o ex-presidente Lula, o mais sórdido político de nossa história: “Sou grato a UNE pela lealdade na adversidade...”.
De que “adversidades” fala o Retirante Pinóquio?
Vamos responder:
- estelionatos eleitorais e oito anos de desgovernos em que os escândalos de corrupção se multiplicaram pela impunidade reincidente;
- a transformação do Estado no maior empregador de meliantes e seu loteamento irresponsável e inconsequente aos partidos da base de apoio;
- a “privatização social” da Petrobrás e outras empresas estatais para servir como agência do empreguismo de milhares de militantes do PT e de seus cúmplices;
- à transformação do Parlamento em um balcão de negociações espúrias;
- os amplamente denunciados desvios de objetos do acervo do Estado incluindo um crucifixo do gabinete presidencial;
- a quase incontrolável degeneração moral das relações público-privadas;
- a absurda impunidade das gangs da corrupção e da prevaricação que tomaram conta do poder dentro do Estado e,
- o suborno amplo, geral e quase irrestrito da sociedade: das vítimas da falência cultural e educacional do país e da seleta e cada vez maior comunidade dos esclarecidos canalhas.
Chamar o desgoverno Collor de corrupto e fazer cara cínica de paisagem – sem qualquer pintura – para a desgraça da corrupção sem controle que encampou o poder público durante o desgoverno Lula pode ser considerado uma canalhice e uma covardia com o ex-presidente Color, leviandades que merecem um Oscar da Sacanagem com o país.
Pergunta-se então: dos mais de cem escândalos denunciados durante o desgoverno Lula algum mereceu alguma menção crítica pública determinada ou sistemática da UNE? Resposta: rigorosamente não.
O que será que a UNE está comemorando com o irrestrito patrocínio financeiro do Estado sua festa enquanto cidadãos morrem nas filas dos hospitais públicos?
Vamos adivinhar:
- a falência do ensino superior público pela entrada forçada de milhares de estudantes que fizeram um Ensino Médio deficiente ou abaixo da crítica, forçando o sistema acadêmico fechar os olhos para atitudes de professores e alunos no processo periódico de avaliação - atos ou omissões que envergonham o ensino universitário e o passado da Universidade Pública no país -, pois a repetência e a evasão universitária de estudantes desqualificados para o ensino superior devem ser “politicamente” evitadas, o que tende a equiparar, em termos de resultado final, o ensino superior público ao vergonhoso ensino público Fundamental e Médio, já identificado como um dos piores do mundo;
- o acesso da UNE a verbas oficiais com a reciprocidade da ajuda ao desgoverno petista a enfrentar suas “adversidades”;
- a transformação das universidades em campos de treinamento ideológico para preservar o fascismo petista e a Corruptocracia oficial que se instalou no país como um sistema de valores e de condutas nas relações público-privadas;
- a reinvindicação pelo Poder Público – Ministério da “Cultura” - em disseminar a cultura da ignorância da língua pátria no país;
- a reinvindicação pelo poder público – Ministério da “Cultura” -  em disseminar kits gays como instrumentos de formação de valores de crianças e adolescentes das escolas públicas do Ensino Fundamental e Médio (quem assistiu o ex-presidente jogando camisinhas do seu camarote para os idiotas dos foliões no carnaval já podia imaginar seu aval para essa canalhice com crianças e adolescentes);
- o fato do Brasil não ter uma única Universidade entre as cem primeiras no mundo e apenas cinco entre as primeiras quinhentas, ou seja, termos sido transformados durante o desgoverno petista em um dos piores ensinos universitários do mundo;
- o absurdo de uma UNB, entre outras, terem sido transformadas em palcos de perseguição criminosa a professores e funcionários que não rezam na cartilha acadêmica do petismo além de ter usado como tema de redação de seu mais recente vestibular a estúpida tese de que o errado também é certo na língua portuguesa;
- o crime cometido pela UFPE que, oficialmente, dentro do seu campus, ensinou o cultivo de um pé de maconha em casa em uma “oficina de Cultivo de Cannabis” ministrada por um antropólogo (“Nóis planta o que nóís fuma?“) e,
- por aí vai...
Realmente o Brasil – a sua parcela de sociedade que ainda não se deixou subornar pela sereia fascista, corrupta e prevaricadora do petismo – exige dignidade verdadeira, e não esse discurso chulo preconizado pelos traidores do nosso país.
Ao ex-presidente Lula uma mensagem: é muito fácil chamar os outros de babacas no palco da UNE ou quando está cercado de seguranças armados até os dentes e pagos pelos idiotas e palhaços dos contribuintes. Faça isso sozinho e de frente para as vítimas de suas babaquices e se arrisque às consequências físicas ou verbais da devida e justa resposta.

Comments powered by CComment