Sílvio Santos e O presidente Figueiredo -  
   a intimidade com  o governo militar.

Por Paulo Carvalho Espíndola, Coronel reformado
Vivemos hoje o período dos “depoimentos”. Todos solenes, mas cheios de intenções.
Vemos um virtual candidato à presidência, flagrado por dirigir bêbado e com os documentos do carro em desordem, senador da República!
 Depois nos questionamos, hipocritamente, nós que não recebemos nenhuma esmola do Estado, muito pelo contrário. Quem elege essa gente? Não somos nós?
Temos um dono de uma rede de televisão, homem riquíssimo, flagrado também por sérios indícios de gravíssimas fraudes financeiras, o caso do Banco Pan-americano, e o quê acontece? Nada. De algum modo, pagamos a conta.
A rede de televisão desse homem, de repente, resolveu repassar o passado. Homem da “ditadura” resolveu “expiar” seus pecados.
Quantos, Sr Sílvio Santos, o Sr de alguma forma torturou? Tortura não se faz somente com choques ou pau-de-arara. Faz-se, principalmente, com a linha de programação da sua rede, sempre ligada à idiotização de quem a vê.
“Tudo por dinheiro” é o seu lema. Aviõezinhos você lançava e ainda lança. Comprou consciências das jovens que enchiam e enchem seus auditórios. Até aí, um “showman”,
 Sr Sílvio Santos. O que você pretende? Cuspir no prato em que comeu por tantos anos? Esqueceu de tudo?
A sua novela é um lixo e por isso detém parcos níveis de audiência.
A sociedade brasileira, Sr Sílvio Santos, já se cansou desse revanchismo, porque não tem nenhuma revanche a fazer. Isso só está na cabeça dessa gente a quem o Sr paga para encobrir os seus pecados.
A sua gente, Sr Sílvio Santos, procurou-nos para dar “depoimentos” sobre o passado. Desde o primeiro momento, vi o massacre com que pretendiam nos atingir.
O Sr vê o canal de televisão que a “ditadura” concedeu-lhe?
O Sr viu os depoimentos dos “torturados”.
O Sr viu o depoimento de uma Criméia de Tal? Mentirosa histórica como a novela do seu império?
Se tiver um minuto do seu tempo, Sr Sílvio Santos, veja o depoimento dessa criminosa e avalie. Veja e repense. O Sr conhece o passado. Veja na página “A Verdade Sufocada” as fotos da “doce” Criméia e seu filho “torturados por bárbaros militares. O Sr, repito, sabe muito.
Saudações, Sr Sílvio Santos.
A vida prossegue e o Sr e a sua rede não têm o direito de distorcer a verdade. Tenha mais compostura, senhor dos auditórios e dos aviõezinhos. Não é tudo por dinheiro.
Adicionar comentário