Pela editoria do site  www.averdadesufocada.com
Ainda dizem que em outros governos o lixo era empurrado para baixo do tapete. Nesse governo  a imprensa denuncia, apresenta provas das denúncias, mas o lixo é impedido de vir a tona . A base de apoio ao governo, comprada com cargos, impede que o acusado vá ao Congresso para elucidar dúvidas  da oposição ou provar que as acusações são falsas.
Nunca antes na história desse país , houve uma imprensa tão irresponsável...É a culpada, acusada de golpista, sensacionalista!
A oposição quer desestabilizar o governo .



Texto completo
Para que ir ao Congresso? A Polícia Federal está investigando todas as acusações de corrupção que rondam o governo.  Mas, apesar da eficiência da PF, quem foi preso? 
A impressão  que se tem com essa atitude da base aliada é que, no interrogatório,  ao puxar o fio da meada surjam cobras e lagartos.  
Erenice , como outros, são arquivos vivos. Cuidado, Erenice 
Se eu fosse ela, especialista  como é no assunto, deixaria  dossiês prontos com várias fontes. Pois, se eu escorregasse em uma casca de banana, fosse sequestrada, aparecesse torturada e morta em uma estrada ou mesmo tivesse um mal súbito , não levaria os segredos para o túmulo.
Te cuida, ! Erenice
                   XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
"Governo barra convocação de Erenice
O Globo -17/11/2010
A base governista impediu, na Comissão de Constituição e Justiça do Senado, a convocação da ex-ministra da Casa Civil Erenice Guerra para prestar esclarecimentos sobre tráfico de influência.
Base aliada impede ida de Erenice ao Senado
Já requerimento que pedia a convocação de Dilma Rousseff à Casa foi retirado antes mesmo de ser votado
Adriana Vasconcelos
BRASÍLIA. O governo barrou ontem na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado requerimento que a oposição pretendia aprovar para que a ex-ministra Erenice Guerra comparecesse à Casa, para esclarecer denúncias de tráfico de influência na Casa Civil. Convencido de que seria derrotado em outro requerimento para também convocar a presidente eleita, Dilma Rousseff, o autor da proposta, senador Álvaro Dias (PSDB-PR), atendeu a apelo do líder do PT, senador Aloizio Mercadante (SP). Dias retirou o requerimento sobre a convocação de Dilma, que não chegou a ser votado:
- Não há nenhuma razão para manter esse requerimento, pois não há possibilidade de sucesso - disse o tucano.
Na votação simbólica, a maioria governista derrotou o requerimento para convocar Erenice. Dias disse que a ideia da oposição era dar chance para que as ex-titulares da Casa Civil - Erenice e Dilma - dessem suas versões sobre as denúncias.(...)"
 Leia íntegra no Globo capa e página 9

Comments powered by CComment