Namorada de filho de ex-ministra também tem cargo no governo
Priscila Silva, que nega relacionamento com Saulo Guerra, trabalha na pasta de Pesca
Filipe Coutinho - andreza Matais
Folha de São Paulo - de Brasília
A namorada de um dos filhos de Erenice Guerra, ex-ministra da Casa Civil, também conseguiu emprego no governo federal.
Trata-se de Priscila Loreta Vaz Silva, namorada de Saulo Guerra, filho de Erenice e sócio da firma de lobby Capital Consultoria, envolvida no caso que provocou a saída da ministra do governo.
Priscila foi nomeada em novembro de 2009, após começar a namorar Saulo, e ganha R$ 3.000 do Ministério da Aquicultura e Pesca para fazer "serviços administrativos diversos".
É o quinto caso conhecido de parentes e pessoas próximas a familiares de Erenice no governo. A Folha já revelou que três irmãos e um filho dela também ocuparam cargos sem concurso público.
Antonio Eudacy Alves Carvalho foi da Infraero e da CGU (Controladoria-Geral da União); Maria Euriza, do Ministério do Planejamento e da EPE (Empresa Pública de Energia) e José Euricélio, do Ministério das Cidades. Israel, filho de Erenice, foi da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil).
Erenice também empregou a filha do presidente dos Correios, David de Matos, no gabinete. Ela se demitiu anteontem. Um irmão de Erenice foi empregado por David quando ele era dirigente numa empresa pública do DF.
BANCO DE CURRÍCULOS
O ministério nega influência política na contratação de Priscila. Diz que mantinha um banco de currículos e que ela foi contratada por "qualificações técnicas". Até junho de 2009, a pasta era subordinada à Casa Civil.
Priscila negou ter relacionamento com Saulo. Questionada sobre quem a indicou para o cargo, ela desligou o telefone e não atendeu mais à reportagem. No Orkut, porém, ambos se identificam como casados. Após ser procurada pela Folha  , ela apagou seu perfil e uma foto em seu blog onde se podia ler: "vida de casado é...".
Saulo não foi encontrado pela Folha para comentar sobre o assunto.

Comments powered by CComment