Caseiro Francenildo vai receber R$ 500 mil de indenização da Caixa
Folha.com
Marcio Falcão - Gabriela Guerreiro - De Brasília
Quatro anos depois de ter seu sigilo bancário violado, o caseiro Francenildo dos Santos Costa vai receber indenização de R$ 500 mil da Caixa Econômica Federal.
O juiz Itagiba Catta Preta Neto, da 4ª Vara da Seção Judiciária do Distrito Federal, determinou o pagamento da indenização por danos morais.
Em 2006, Francenildo acusou o então ministro da Fazenda Antonio Palocci de frequentar uma mansão em Brasília na companhia de lobistas. Depois disso, teve seu sigilo bancário quebrado.
 O episódio derrubou do cargo Palocci --que hoje é um dos coordenadores da campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT)-- e o então presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Mattoso.
Caseiro Francenildo se nega a gravar para Serra na TV
O juiz afirma que a Constituição Federal assegura aos cidadãos brasileiros o sigilo de suas informações bancárias, motivo que justifica o pedido de indenização do caseiro. 
 "O pagamento de indenização tem dupla função: busca reparar ou minimizar o dano causado, somando-se ainda um caráter punitivo ao seu causador a fim de que este não volte a incorrer na mesma prática", diz o juiz.
Preta Neto afirma, na decisão, que a "simplicidade da vida" de Francenildo sofreu abalos provocados pela CEF - que violou o sigilo bancário do caseiro. "O autor [da ação] é pessoa humilde e, como muitos trabalhadores brasileiros, mantinha vida digna com esforçado e lícito labor, sofreu confessada quebra de sigilo dos seus dados e merece ser indenizado." (...)
Observação do site: www.averdadesufocada.com
 Muito justa a indenização.
Lamentavelmente, como sempre, apesar de não termos sido beneficiados, nem concordarmos com a quebra de sigilo,  somos nós, contribuintes, com com o nosso suado dinheiro, dinheiro público, proveniente da Caixa Econômica, que pagaremos. 
  
    Absolvido pelo Stf e pelo governo Lula!
A direção da Caixa, que, provavelmente,  cumpriu ordens, pouco será atingida. O dinheiro não sairá do seu bolso.
 O mandante, por um verdadeiro milagre, perdeu o cargo, mas, à exemplo de outros escândalos - mensalão, Varilog,- Receita Federal e  Casa Civil - não perdeu o prestígio e a credibilidade junto ao governo Lula.  Segundo a imprensa, Palocci, como José Dirceu, terão cargo de destaque no novo governo , se as pesquisas se confirmarem. Já estão envolvidos na campanha da Dilma . Dirceu já declarou a influência que exercerá junto à Dilma.
Essa indenização deveria ser paga pelo autor do crime que no caso seria o Sr. Antonio Palocci e não nós brasileiros
A Caixa pouco se importa, mesmo porque a quebra de sigilo teve cunho político, independente da vontade do órgão.
Lula, então , ignora, não sairá mesmo do bolso dele, como anistiado político, está isento do imposto de renda....

 


Comments powered by CComment