Imprimir
Categoria: Editoria do site
Acessos: 4609
 Serra afirma que PT tem ligação com as Farc
Pela editoria do site www.averdadesufocada.com 
 
Sobre a polêmica a respeito  das declarações que seu candidato de chapa a vice, Índio da Costa (DEM),  tem feito sobre os adversários petistas - Índio acusou a sigla do presidente Lula de ter ligação com as Farc organização narco-terrorista -, o candidato Serra disse em Belo Horizonte que  a "Ligação do PT é com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia . Isso todo mundo sabe. Agora , a Farc é uma força ligada ao narcotráfico. Isso não significa que o PT faça narcotráfico "
O PT ameaça processar o candidato Índio da Costa por ações criminal e cívil e na Justiça Eleitoral  contra o PSDB 
Provavelmente terá que processar alguns  meios de comunicação, que em várias reportagens confirmam essa ligação desde  a criação do Foro de São Paulo, em 1990 , em São Paulo. .
 Esse  encontro, idealizado por Fidel Castro e apoiado por  Lula , contou com a presença de 48 partidos comunistas e grupos  subversivo- terroristas estrangeiros entre eles,   as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia - Farc - que já sequestravam , matavam e praticavam atentados na Colõmbia e em paises vizinhos
Ao longo do tempo,a ligação se evidencia.
No dia 23 de novembro de 2006,  Angela Maria Slongo, a “Mona”, começou em seu novo emprego . Foi requisitada para a Secretaria da Pesca, trabalhando em um cargo de confiança ligado à Presidência da República. O documento é assinado por Dilma Rousseff, então ministra da Casa Civil.
 O requerimento  assinado por Dilma foi publicado pela primeira vez no jornal Gazeta do Povo, do Paraná.
“Mona” é mulher de Olivério Medina, o “Cura Camilo”.  O Padre Olivério Medina, um dos chefões da Farc mora no Brasil como  “refugiado político”., desde 2006.  O jornal colombiano El Tiempo, no dia 10 de maio de 2008 publicou o seguinte:
“(…) o contato das Farc, Francisco Antonio Caderna Collazos, o ‘Camilo’ [dois outros nomes de Medina] - casado com uma professora brasileira e encarregado de trocar cocaína por armas e do recrutamento de simpatizantes -, não pôde ser extraditado para a  Colômbia porque goza do status de refugiado desde 2006″
Ainda segundo o mesmo  jornal El Tiempo, Medina é um dos chefões da CCB - Coordinadora Continental Bolivariana. É o braço internacional das Farc, instalado em vários países.

 
Evidenciando essa ligação antiga a que se referem várias reportagens, nada melhor do que a capa da Revista Veja do dia 16 de março de 2005 .Essa reportagem completa pode ser encontrada em  
http://veja.abril.com.br/160305/p_044.html

 Pelo visto , o PT moverá vários processos contra inúmeros meios de comunicação.