UNE e UBES, não representam os estudantes e não defendem nada ligado a educação. Foram contratados pelo governo para ser mais uma tropa na rua a defendê-lo.

Por CHRISTIAN BAINES - colaboração para a Folha Online, em Brasília

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) criticou hoje a passeata liderada pela UNE (União Nacional dos Estudantes) contra a CPI da Petrobras. Indiretamente, ele disse que a entidade trabalha em apoio ao governo.

 

 

Texto completo

 

Buarque é favorável à mobilização dos jovens, mas questiona a manifestação contra a comissão de inquérito. "Fico feliz em ver estudante protestando, mas estudante que faz protesto contra CPI é estudante que faz política velha", afirmou.

"Se você fizer uma pesquisa com estudantes, não os da UNE, eles vão responder que querem investigações".

Após a realização do encontro dos estudantes do ProUni (Programa Universidade para Todos), universitários do Congresso da UNE, iniciaram uma passeata, saindo da Catedral de Brasília em direção ao Congresso. A mobilização se diz a favor do pré-sal e contra a CPI da Petrobras. "Nós sabemos que essa luta pelo pré-sal é necessária", disse Lúcia Stumpf, presidente da entidade estudantil.

Quando perguntada a respeito das denúncias contra Sarney, ela disse que defende o trabalho do parlamento e dos trabalhos de investigação e reforçou que "a UNE não tem compromisso com qualquer parlamentar".(...)

Comments powered by CComment

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar