Imprimir
Categoria: Política interna
Acessos: 2050

Apesar de que o governador, João Dória (PSDB) desistiu do aumento do imposto um dia antes do “Tratoraço” iniciar, os produtores rurais não cancelaram o evento e decidiram manifestar todo o seu repúdio à tentativa indiscriminada do gestor estadual.

“É inaceitável aumentar impostos sobre os alimentos. Parabenizo os produtores e a Federação da Agricultura de São Paulo pela manifestação e pela demonstração de força, que surtiu o efeito benéfico para toda a população”, comentou Paulo Orso, presidente do Sindicato Rural de Cascavel.

Mais de 150 municípios se engajaram no “Tratoraço”, em São Paulo. Além de 100 sindicatos rurais, entidades e cooperativas.

Em maio de 2020, já havia sido feito um “Buzinaço” na capital paulista contra o isolamento social imposto pelo governador e o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB).

O “Buzinaço” desta próxima segunda-feira (11) envolve condutores de motos, carros e caminhões da capital paulista, e pretende se concentrar, às 10 horas, na frente do Estádio do Pacaembu com destino à avenida Paulista.