A resposta do ministro da defesa, general Fernando Azevedo e Silva, absolutamente técnica e sem mencionar o nome de Gilmar, veio em seguida.

A análise do texto do general, tomando como base fatos, números e ações, derruba completamente a afirmação maldosa do magistrado.


Comments powered by CComment

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar