Observação do site da editoria do site www.averdadesufocada.com  Quem não se lembra dos anos de 2006 quando eclodiram em São Paulo., no mês de maio rebeliões em vários presídios em São Paulo e ataques em postos policiais? 
Na noite do dia 12  de maio  eclodiu uma das maiores ondas de violências contra as Forças de Segurança e  alguns alvos civis em São Paulo. No dia 14 , as rebeliões se espalharam por por outros estados do Brasil, como Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul , Minas Gerais e Bahia. Uma verdadeira guerrilha se espalhou pelo Brasil,comandadas pelo PCC. A intenção era desestabilizar a candidatura de Geraldo Alckmin, a  à Presidência do Brasil.
Mas a partir do ano de 2013 as manifestações  pioraram. chegando a cerca de 300 mil militantes.
Eram vários grupos entre eles , sendo que os mais violentos eram os black blocs, de todas as tribos que protestavam, os grupos dos black blocs eram os  mais fáceis de identificar. Na multidão, ostentam estandarte preto, destruiam o que encontravam pela frente e costumavam andar de braços dados formando um cordão.

{jcomments on}
Eles , em qualquer manifestação são os últimos a chegarem. Seu lema: "fazemos o que os outros não tem coragem de fazer". Afirmam não ter medo da polícia e seus alvos prediletos são bens capitalistas.
Os Black blocs não estão nas manifestações para protestar, sua ações são para causar danos as instituições opressivas. (Revista Fórum)

Pequenos trechos do capítulo" Guerrilha em São Paulo e no Rio" retirados do livro A Verdade Sufocada - a História que o a Esquerda não quer que o Brasil Conheça - 18ªreedição  - autor Carlos Alberto Brilhante Ustra. 

Pedidos do livro para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. tel 61 34682796 distribuidora para o Brasil e exterior

 

Comments powered by CComment