Imprimir
Categoria: Revanchismo
Acessos: 264

Carnaval em São Paulo tende a continuar crescendo - Blog GoHouse
Repasso porque concordo!
Desconheço o autor, que está de parabéns pela qualidade de seu posicionamento.TIREM AS MÁSCARAS!
Paulatinamente os oportunistas estão sendo silenciados, à medida em que as evidências surgem. Destaco-as abaixo: Bloco de São Paulo

1- A Presidência da República decretou estado de emergência no dia 04 de fevereiro de 2020. Portanto 2 semanas antes do Carnaval;

2- Desde a publicação desse decreto o MS ( Ministério da Saúde) do governo federal começou a se estruturar e a se preparar para uma possível epidemia, posto que já tínhamos casos em janeiro no país.

3- O decreto foi solenemente ignorado por todos os prefeitos, governadores e pela imprensa suja,( rededeesgoto) interessados em faturar alto e não estragar a festa de momo.

4- A epidemia começou a tomar corpo a partir de SP, RJ, BA e PE, curiosamente os estados onde tivemos milhões de pessoas aglomeradas nos blocos e trios elétricos, sem falar na costumeira promiscuidade que rola nisso tudo;

5- Os casos que estão explodindo em março coincidem com o período de incubação da doença possivelmente contraída nas festas de momo (lembre-se que o Carnaval continuou por mais 1 semana nesses estados);

6- A partir da decretação de pandemia mundial pela OMS (Organização Mundial da Saúde), e das imagens dramáticas da Itália, governadores oportunistas e emissoras de TV, os mesmos que incentivaram o povo a se aglomerar nas ruas para se contaminarem, viram uma janela de oportunidades para levar adiante o projeto de deposição do Presidente da República, objetivo perseguido desde antes da posse do Presidente Bolsonaro;

7- Diante de declarações do Presidente, que buscava acalmar e não disseminar pânico e histeria na população, armou-se um grande complô midiático para se desacreditar o presidente, inclusive com incentivo aos panelaços e sugestões de golpe;

8- Incautos de todos os matizes foram convocados para uma guerra virtual de desinformação e mentiras, sob a pseudo justificativa de que o “Presidente nada estava fazendo”;

9- Incentivaram uma guerra política fraticida, justamente na hora em que o país mais precisava de união, tirando o foco do combate à doença, para atirar no colo do Presidente a culpa pela disseminação no Brasil de um vírus que veio de fora, (vírus chines) e que atingiu todos os países do mundo.

10- Neste momento o país caminha para um crescimento acelerado de infectados e de mortes onde se pode observar um certo desejo mórbido, de alguns parasitas, para que muitos óbitos aconteçam e se possa culpar o Presidente "racista, homofóbico, fascista e agora também “genocida”;

Portanto parem com essa campanha estúpida de desinformação e histeria!

Contribuam com algo positivo!

Ajudem a melhorar a autoestima de pessoas simples que estão com muito medo e desespero!

Procurem saber quantas pessoas estão com picos hipertensivos, depressão, angústia, paralisia e tantas outras doenças psicossomáticas que também podem levar ao óbito, não ignore os mais fracos e os desesperados, por causa dessa mídia imunda só porque você detesta o Presidente legalmente eleito.

Pratiquem de verdade aquela empatia que vcs exigem de todo mundo, faça a diferença, seja diferente. Mas se preferem ver o pais onde vive virar uma Venezuela continue a agir da mesma maneira porque afinal vcs se acham moralmente superiores.

Nosso presidente Jair Messias Bolsonaro precisa do nosso apoio agora mais do que nunca, parem com esse mimimi de que: agora ele perdeu minha credibilidade. Ou vc está com ele ou nunca esteve.
Veja e reveja os fatos, e parem de dar credibilidade a uma imprensa porca que sempre o perseguiu.

Sejam parte da solução, não do problema!