: “nunca se tratou de preservação ambiental, e sim de ideologia e mentiras”
 jornal da Cidade - 03/01/2020


Nesta quarta-feira, 01, o ministro-chefe da casa civil, Onyx Lorenzoni, criticou o presidente da França, Emmanuel Macron, em referência ao silêncio do francês sobre as queimadas na Austrália. Diferentemente do que que fez sobre as queimadas na Amazônia.

“Macron e os verdes atacaram o Brasil com fakenews apenas porque o Presidente é Jair Bolsonaro, o líder que não se dobra à agenda esquerdista. [...] O silêncio de Macron e dos verdes europeus é a prova de que nunca se tratou de preservação ambiental, e sim de ideologia e mentiras”, afirmou Lorenzoni.

O ministro ainda se compadeceu a Austrália e lamentou as perdas do país.

“Muito triste a perda de vidas com os incêndios florestais na Austrália”, completou o ministro.

Em agosto de 2019, Macron, denominou as queimadas na Amazônia como “Crise internacional”, porém agora o silêncio do presidente francês sobre os incêndios na Austrália é no mínimo ‘estranho’. O certo é que os ataques ao presidente Jair Bolsonaro e as fake news criadas foram apenas por discordar de seus pensamentos ideológicos.

Observação do site www.averdadesufocada.com  E Greta, onde anda e a Alemanha  , e o Papa será que montará um escritório para cuidar das florestas  do resto do mundo ou somente se preocupam com a nossa Amazônia?



Comments powered by CComment

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar