Jornal da Cidade - 20/08/2019
O ex-candidato do PT a presidente da República, Fernando Haddad, está na iminência de ir fazer companhia para o ‘chefe’.
Haddad  acaba de receber sua primeira condenação com pena de prisão.
A decisão é da Justiça Eleitoral por caixa dois da UTC Engenharia na campanha eleitoral de 2002, quando foi eleito para a prefeitura de SP.



Segundo a denúncia, Haddad ‘utilizou notas inidôneas para justificar despesas’.

O poste efetivamente é um sujeito perverso e inidôneo.

A picaretagem nesse caso ficou em torno de R$ 2,6 milhões.

Vale lembrar que Haddad ainda responde a mais de 30 processos por improbidade administrativa e corrupção.

Em breve caberá aos incautos militantes gritar "Poste Livre"

Haddad foi condenado a 4 anos e meio em regime aberto.

Adicionar comentário