Traficante no Piauí ficava com o cartão como garantia de pagamento

TERESINA - O cartão Bolsa Família estava sendo usado como garantia de pagamento de drogas em ‘bocas’ (posto de venda) de maconha na Parnaíba, região norte do Piauí. Uma operação conjunta realizada pelas polícias Militar e Civil encontrou diversos cartões na casa de um traficante. Ele contou aos policiais que os cartões tinham sido deixados por viciados como garantia de pagamento da droga comprada fiado. No dia da liberação do dinheiro do Bolsa Família, o traficante a acompanhava o dono do cartão até uma casa lotérica, onde o dinheiro era sacado, e o vendedor da droga recebia a sua parte.

Texto completo

A polícia descobriu o esquema após a denúncia do roubo de uma bicicleta. A vítima informou aos policiais que a bicicleta estava escondida numa casa do bairro Nova Parnaíba, onde morava Fabiano Alves Pereira, conhecido como Big Louro.

Na casa do traficante, os policiais encontraram a bicicleta roubada — que já estava sendo desmanchada — além de maconha, R$ 82 em dinheiro e os cartões. Big Louro foi preso e encaminhado à delegacia, onde foi autuado em flagrante antes de ser encaminhado para a Penitenciária Fontes Ibiapina, onde ficará aguardando uma decisão da Justiça.

ERRADICAR POBREZA

O programa Bolsa Família foi criado pelo governo federal como uma das formas de erradicar a pobreza no País. “Um viciado deixar sua família passando necessidade para usar o cartão do Bolsa Família no consumo droga realmente vai melhorar a vida do traficante, mas vai derrotar a de quem está usando o cartão para isso”, disse o policial Astrogildo Fernandes, chefe de investigações da delegacia de Parnaíba.
Adicionar comentário