Imprimir
Categoria: Política interna
Acessos: 204

MORO NA LINHA DE TIRO: ELE SUPORTARÁ O JOGO PESADO DE BRASÍLIA?

Caro leitor,
Sergio Moro está sob fogo cruzado.
Apenas quatro meses depois de assumir o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública, um dos postos mais importantes do governo de Jair Bolsonaro, o ex-juiz agora está na linha de tiro.
Sob ataque.
Houve até uma reunião de madrugada em Brasília em que foi definida uma estratégia para enfraquecer Moro.

Veja essa história:
Fonte: O Antagonista
O jogo é pesado contra o ex-juiz da Lava Jato.

O plano de setores do Congresso para diminuir os poderes de Moro foi muito bem explicado em uma reportagem assinada por Caio Junqueira na Crusoé.

A matéria revela que Moro começou a experimentar os percalços do mundo político.

E tem de enfrentar até mesmo a sabotagem de parte do Congresso Nacional…

Leia este trecho da reportagem da Crusoé:

“A mais recente ofensiva do Congresso sobre Moro envolve o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), o órgão oficial de inteligência financeira que tem por atribuição monitorar transações suspeitas de lavagem de dinheiro. Logo no início do governo, Jair Bolsonaro autorizou a transferência da estrutura, desde sempre subordinada à área econômica, para a alçada de Moro. Era uma maneira de fortalecer a pasta e dar mais instrumentos para o ministro lançar sua prometida ofensiva contra a corrupção e o crime organizado. Agora, ao tratar da medida provisória que reorganizou a Esplanada, deputados e senadores ameaçam tirar o Coaf de Moro e mandá-lo de volta para o Ministério da Economia, de Paulo Guedes. Hoje, manter o conselho no Ministério da Justiça é a principal batalha do ex-juiz.”

Enquanto isso, o Brasil espera que os políticos corruptos sejam punidos de forma mais célere e rigorosa.

Os brasileiros, em suma, esperam que os ilustres parlamentares mantenham o Coaf sob a a alçada de Sergio Moro.

E que aprovem o pacote anticrime apresentado pelo ministro para combater a criminalidade e a corrupção.

Para isso, Moro precisa estar fortalecido.

E, infelizmente, não falta quem queira enfraquecê-lo…

O ex-juiz, que virou símbolo da luta contra a corrupção por sua atuação nos processos da Lava Jato, suportará por muito tempo o jogo pesado de Brasília?

Esta é a sua chance de ficar por dentro dos bastidores do jogo político.

São informações que chegam até você graças ao trabalho do jornalismo independente e investigativo.

Essa é a missão da Crusoé.

Leia mais na Revista Crusoé

.