Fronteira do Brasil com Venezuela tem novos confrontos
Militares venezuelanos reagiram atirando bombas de gás lacrimogêneo nos manifestantes, que arremessavam pedras
24 FEV 2019 15h09 
Novos conflitos voltaram a ocorrer em Pacaraima (RR), na fronteira entre Brasil e Venezuela, na tarde deste domingo (24). Imagens transmitidas pela televisão mostraram manifestantes chamando a atenção e atirando pedras em direção às forças militares venezuelanas, dispostas em fila e fazendo uma barreira na pista ao lado de um tanque.

SAIBA MAIS
Militares venezuelanos desertam e pedem refúgio no Brasil

Maduro impede entrada de ajuda na Venezuela

Na fronteira colombiana, ajuda humanitária à Venezuela é recebida com gás lacrimogêneo e tiros

Fronteira entre Colômbia e Venezuela é palco de confrontos

Militares venezuelanos matam civis perto da fronteira

Manifestantes atiram pedras em direção às forças militares venezuelanas

Manifestantes atiram pedras em direção às forças militares venezuelanas
Foto: Ricardo Moraes / Reuters
Os militares venezuelanos reagiram atirando bombas de gás lacrimogêneo nos manifestantes, em direção ao lado brasileiro da fronteira.


Pelas imagens, apenas um militar brasileiro entra no meio do conflito fazendo gestos para que os ataques terminem.

Neste sábado (23), dois venezuelanos morreram em confrontos em uma área perto da fronteira da Venezuela com o Brasil. Também foi registrado confronto na fronteira entre Venezuela e Colômbia. Ainda no sábado, dois caminhões com ajuda humanitária entraram em território venezuelano, segundo o governo brasileiro.

Esse é o terceiro dia de confrontos da região desde que o presidente Nicolás Maduro anunciou o fechamento das fronteiras.

Adicionar comentário