Imprimir
Categoria: MST
Acessos: 370


Jornal da Cidade online.com.br -18/01/2019 
O Secretário Especial de Assuntos Fundiários do atual governo, Luiz Antonio Nabhan Garcia, pretende fechar as escolas do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e punir os responsáveis, sob a alegação da evidente doutrinação ideológica praticada nos locais.
De fato é um problema sério e ainda tem outros componentes que justificam a decisão.
Ora, o MST não possui um CNPJ, não tem sequer algum tipo de registro em algum cartório do país ou qualquer documento que lhe dê um mínimo de legitimi

É um ‘movimento’ que funciona na mais absoluta clandestinidade. Algo semelhante as Farcs, na Colômbia.

Só por esses motivos, não poderia, de forma alguma, comandar escolas e ter crianças sob sua responsabilidade.

Todavia, durante os governos do PT, o MST foi fartamente alimentado por recursos públicos e manteve as tais escolas onde crianças eram verdadeiramente abusadas.

Causa estranheza como eram feitos os repasses do governo para um movimento inexistente juridicamente, mas eles aconteciam, milhões e milhões de reais foram destinados ilegalmente.

Assim, isso tem que acabar por ser algo absolutamente ilegal.

Porém, a atuação criminosa com relação às crianças é inaceitável. Pura doutrinação ideológica.