Imprimir
Categoria: MST
Acessos: 413


Jornal daCidade online - 07/01/2019
O governo não vai tolerar a invasão de propriedades. Também irá ser implacável nos casos em que houver destruição do patrimônio alheio.Nos últimos tempos, a lei não foi respeitada. Muito pelo contrário. Os líderes desses movimentos eram tratados como "autoridades".

A lei agora será cumprida e essas situações serão tratadas como crime.

É em síntese isto o que foi dito sobre o assunto pelo General Santos Cruz, em entrevista para a revista Valor.

A empolgação da campanha eleitoral pediu o enquadramento do MST e do MTST como grupos terroristas. O próprio ministro Sérgio Moro não vê desta forma, mas a questão é bem clara e foi explicitada pelo general:

“Destruir propriedade é crime. Invadir propriedade alheia também. Isso aí está previsto em lei, não sou eu quem tem que achar ou não. Tem que seguir a lei...”
da Redação