Sua postura impecável, a demonstração de grandeza, o altruísmo, o desejo de fazer algo por uma parte da população esquecida ficou patente em suas palavras.Entre os deficientes do Brasil estão pobres, ricos, sulistas, nortistas, homens, mulheres, negros, brancos, gays, eleitores do Bolsonaro ou não. Eles estão em todos os lugares. E as virtudes da Primeira Dama ultrapassaram qualquer conceito, qualquer barreira, qualquer ideologia.

Sua conduta, mesclando humildade, elegância e altivez apequenou ainda mais as feministas que acham que ser mulher é esquecer o amor e a solidariedade, e partir para a briga por causas idiotas. Michelle foi mais mulher que todas juntas,
Sua conduta também calou e provocou uma súbita surdez nas "lacradoras" do “Ele Não”. Talvez essas, mais do que ninguém, precisem de uma linguagem de sinais para mostrar-lhes o quanto são estúpidas e moralmente incapazes de representar a mulher brasileira.
Para o mais absoluto descontentamento, horror e contrariedade das que chamavam o Bolsonaro de "misógino", Michelle rompeu a tradição das posses, onde as primeiras damas eram condenadas ao silêncio e transformadas em peças decorativas, mudas, obrigadas a se portarem como papagaios de pirata. Ao contrário disso, ela teve a primeira palavra e soube falar ao povo e tocar o coração do povo com inteligência, ternura e mansidão.

Michelle sim representa a mulher brasileira, lutadora, valente, inteligente, determinada, capaz e disposta a superar obstáculos. Não o lixo que se acha luxo e a ignorância que se acha inteligente e formadora de opinião.

Feministas e lacradoras, a Michelle reduziu vocês a pó.

Comentários   
#1 REGINALDO CONSIDERA 03-01-2019 23:30
A conduta de Michelle Bolsonaro inaugura um novo e belo retrato de Primeiras-Dama da República! Desde a redemocratizaçã o, nenhuma delas se apresentou com tamanha desenvoltura e empatia! E sua simplicidade se transformou em brilho!
Adicionar comentário