A Senadora Ana Amélia, jornalista de profissão, é do PP - RS (Partido
Progressista do Rio Grande do Sul). Com a autoridade do seu exemplo de
probidade irrefutável, neste Youtube, critica a nova roupagem do
candidato Fernando Haddad para o segundo turno. É no mínimo de grande
hipocrisia que o candidato do PT, um partido que é internacionalista,
que canta a internacional e drapeja com o histerismo bandeiras
vermelhas, havendo quem até já tenha pisoteado e queimado a bandeira do
Brasil, mude agora para o verde amarelo e procure aproximar-se dos
religiosos para se mostrar mais "simpático" aos eleitores. Um homem que
defende o aborto, a erotização infanto-juvenil, a entrega da educação ao
Estado das crianças a partir dos 5 anos, direitos especiais para os
membros do LGBT de acesso à Universidade, ocupação de propriedades
rurais produtivas, controle "social" da mídia, enfim todo o rol de
propostas destruturantes e muito discutíveis numa sociedade que aprecia
majoritariamente os valores cristãos que conservam e protegem a família
e a liberdade individual, que reflete o "lívre arbítrio" que a tradição
judaico-cristã sempre defendeu e defende. O Estado, nenhum estado, tem o
direito de se substituir ao primado da família e ao do individuo.

Adicionar comentário