CARTA ABERTA DE GENERAIS DA RESERVA DO EXÉRCITO BRASILEIRO
ALERTA AOS HOMENS E ÀS MULHERES DE BEM
General Marco Antonio Felício da Silva

INVERSÃO DE VALORES E DESLEALDADE
A carreira militar cobra dos seus integrantes sacrifícios e um conjunto de valores e de qualidades que nenhuma outra o faz. Assim, a par da liderança exercida e do compromisso de dar a vida, se necessário for, pela Pátria, ter coragem física e moral, cultuar a verdade e a lealdade para com os chefes e subordinados e para com aqueles que são os detentores da soberania da Nação, a população brasileira, é questão de honra.


Hierarquia e disciplina, nas questões da caserna, são fundamentais, porém, em se tratando da Nação, quando está em jogo o seu destino, esta não admite o silêncio obsequioso da disciplina e da hierarquia, quando, por motivos outros, a visão da realidade foge aos chefes e a Nação sangra. Há que enfatizar que acima de qualquer homem estão os interesses nacionais. O compromisso maior do militar é para com a sua Nação!

Nós, abaixo subscritores deste documento, no momento atual em que o País passa por severa crise econômica, política e psicossocial, tendo como base intensa crise ética, moral e cívica, que permeia o governo e quase todas as instituições, ocupados e dirigidos por malfeitores que deles se apossaram, tendo em vista as considerações acima, temos a convicção de que o General de Exército Mourão, pela sua postura, cultura, firmeza de caráter, coragem física e moral, já sobejamente mostradas e comprovadas, bem como sua capacidade de liderança no meio militar e também civil, está a altura dos graves momentos que vivemos no Brasil.

Entretanto, por ordem de quem deveria estar respondendo a processo por acusação de realizar malfeitos e por obstrução à Justiça, buscando a impunidade por meios condenáveis ao fazer do governo balcão de negócios, constranger o General Mourão, exonerando-o da função que exercia, após realizar palestra, devidamente autorizado, durante a qual falou verdades e somente verdades, esclarecendo a população, é inaceitável.

Tal fato traduz inversão de valores consagrados, desde os tempos dos bancos escolares das escolas militares: a verdade (estampada nos jornais) deve ser proibida e a lealdade para com a Nação, obrigação do militar que a Ela se dedica primeiramente, deve ser suprimida. Essa é uma indignidade que não se coaduna com o caráter e a formação do General Mourão e ofende mulheres e homens de bem que o têm como um exemplo a seguir.

Surpreende a aceitação passiva de tal injustiça por aqueles que teriam a obrigação de indignar-se pela afronta concretizada a quem preza e cultua valores, hoje, tão deteriorados em setores da vida nacional responsáveis pela condução do País.

Ao general Mourão a nossa continência respeitosa e a nossa admiração!

Prisão para os corruptos que desgraçam a Nação brasileira !

Assinam:
1- Gen Marco Antonio Felicio da Silva
Gen Sylvio Imbuzeiro
Gen Synésio Fernandes

ENG. , EMBA, MSCS, Luiz Cruz
Cel Tadeu Correia da Silva 
Ricardo Martins
Sandra Aparecida gomes de Campos 
Denise Anselmi Marques
Sergio L M Rocha
Lucia Scarpeti
Ricardo Kremer
10- Maria das Graças - RN
Jose Lemos 
Jose francisco Soares
 Gen Paulo Assis
Marilene Curi
Nathalia Zoni
Maria Fontes 
Vera lucia Ferreira
Joaquim Gomes Farias 
Antonio Carlos Garcia Faria
20 - Cristiane Lauterjung
Maria José Oliveira
Marina Pasini
Jose Freitas
Isaura Miiki
Luis Oliveira
Jayme Filho  Falarvigna
André Silva
Dirceu Delgado Gomes  - 54
Raul Bertolucci
30- Julio Celsare Pereira Filho
Wilson Carvalho Mota
Carlos José Pedrosa
Roberto Alvernaz
 Carlos Antonio Filho
Mario Gomes
Leo F Cinelli
Paula Petrolino 
Roberto luiz Pereira de Souza
Marcelo Ricardo Americo dos Reis 
40- Rivier Martim
 Marcos Antonio  Peixoto dos Reis
Cel Inf R1 Eduardo Henrique de  Souza  Martins Alves  - Turma  1972 
Gilberto Zenkner
Marcílio Rezende
Airton rossato
José Mauro Xavier 
Cel Aluisio Madruga de Moura e Souza
Cel Gabriel Cruz Pires Ribeiro 
Osmar Barreto
50 - Jorge Prudêncio 
Cel Av, Ref Gastão de Figueredo
Altair Rodrigues de Paula 
Binho Silva
José Alberto de Souza
João Pedro Santos Costa  - idt 4016313 72 II RS
Derli Stopato da Fonseca - Cel Ref  FAB  idt 1547590 Min Aer
Roberto Erthal
Cassio R C
Christine Montanifiers
60 - Ribeiro de lez
Claudio Dourado
Vitor Ileck
José Schettini
Cicero Novo Fornari Cel EB
Florimar Ferreira Coutinho  Cel EB
Walter Whashington Camargo Oliveiro
Tavério de Lima Villaça Pinto
Wilber e Martha
Antonio Calmerauer dos santos  Cel Inf
70 - Jorge Leonildio Brasikl 
Rev Dr Geraldo Portal Veiga 
Alvaro Alfa
Carlos Eduardo de Lima 
Julio Edmond 
Maria Helena
Jorge Verazzani
Cel Ref Francisco Helder Queiroz Cavalcante
Luzo fonseca
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
80 - DR HEITOR DE PAOLA
Adalberto Costa 
Lauro Henrique Alves PINTO
José de R de Freitas Freitas
Duntalmo Pereira 
Luiz Alberto A de Carvalho 
Ney de Oliveira Waszack Cel
Marcos Antonio Cavalcante Peixoto
Rioice Martins
Paula Petronilho Dirceu Delgado Gomes  54
90 - Bárbara Betsy Santiago
Marco Aurélio
Luiz Cláudio Fernandes Quadra

Aqueles que o desejarem, poderão apor sua assinatura a este documento, em apoio ao Gen Mourão,  enviando o pedido para o e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. . O nome será acrescentado pelo editor  ao final da matéria. Poderão também acrescentarem diretamente nos comnentários.