Trator passa por cima do PT 
Guga Noblat - 02/10/2016 
Até este momento, o PT não elegeu prefeito em nenhuma capital e está levando uma surra em toda grande São Paulo.
Das 17 capitais onde o PT teve candidato próprio, o partido alimentou esperança de passar para o segundo turno em Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife e São Paulo. E de vencer direto no primeiro turno em Rio Branco, Acre.
Na capital mineira está sendo massacrado. Seu candidato Reginaldo Lopes não tem nem 8% dos votos com quase 80% das urnas apuradas.
Em Porto Alegre, ficou em terceiro lugar. No Recife, uma das raras cidades onde Lula foi pedir voto para o PT, o atual prefeito Geraldo Júlio (PSB) está com 49% dos votos contra pouco mais de 23% de João Paulo (PT).
 
O Datafolha projetou a vitória de Dória (PSDB) em São Paulo com 53% dos votos válidos. Seria a primeira vez desde 1992 que o PT, ali, não disputaria o segundo turno.
Por ora, o PT vai sendo derrotado em todas as grandes cidades de São Paulo. Em São Bernardo do Campo, berço político de Lula, Tarcisio Secoli (PT) está em terceiro lugar, e ficando cada vez mais para trás.
O partido deverá eleger prefeito seu candidato em Rio Branco, onde a apuração se arrasta.
Em Garanhuns, Pernambuco, terra de Lula, reelegeu-se o atual prefeito do PTB. Em Caetés, antigo distrito de Garanhuns, onde Lula nasceu, foi reeleito o atual prefeito também do PTB.
Lula disse, na manhã de hoje, que a história de um partido não se faz só de vitórias, mas também de derrotas. Não imaginava colher, porém, derrota tão acachapante.
 
Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar