COELHO NETO (1864-1934). Mestiço filho de um casal - pai português e mãe indígena -, nasceu em Caxias no Maranhão. Professor, político e um dos maiores escritores do Brasil, com mais de 130 livros publicados. Foi muito criticado pelos modernistas na década de 1920.

1)Honra a Deus amando a Pátria sobre todas as coisas, por nô-la haver Ele dado por berço, com tudo o que nela existe de esplendor no céu e de beleza e fortuna na terra.
2) Considera a Bandeira como imagem viva da Pátria, prestando-lhe o culto do teu amor e servindo-a com todas as forças do teu coração.

3)Honra a Pátria no passado: sobre o túmulo dos heróis; glorifica-a no presente: com a virtude e o trabalho; impulsiona-a para o futuro: com a dedicação que é a força da fé.

{jcomments off}4) Instrui-te, para que possas andar pelo teu passo na vida e transmite aos teus filhos a instrução, que é dote que não se gasta, direito que não se perde, liberdade que não se limita.


5) Pugna pelos direitos que te confere a lei, respeitando-a em todos os seus princípios, porque da obediência que se lhe presta, resulta a ordem que é a força suave que mantém os homens em harmonia.

6)Ouve e obedece aos teus superiores, porque sem disciplina não pode haver equilíbrio. Quando sentires o tentador, refugia-te no trabalho, como quem se defende do demónio na fortaleza do altar.

7)Previne-te na mocidade, economizando para a velhice, que assim prepararás de dia a lâmpada que te há de alumiar a noite.

8)Acolhe o hóspede com agasalho, oferecendo-lhe a terra, a água, e o fogo, sempre porém, como senhor da casa: nem com arrogância que o afronte, nem com submissão que te humilhe, mas serenamente sobranceiro.

9)Ouve aos teus, que têm interesse no que lhes é próprio, reservando-te com os de fora. Quem sussura segredos é porque não pode falar alto e as palavras cochichadas na treva são sempre rebuços de ideias que se não ousam manifestar ao sol.

10)Ama a terra, em que nasceste e à qual reverterás na morte. Ô que por ela fizeres por ti mesmo farás, que és terra, e a tua memória viverá na gratidão dos que te sucederem.

Comments powered by CComment