Com muito orgulho e reconhecimento encaminho o testemunho de uma mulher de fibra. Maria Joseita Brilhante Ustra, que lutou ao lado do seu marido, Cel Carlos Alberto Brilhante Ustra continuando após o seu falecimento, sem esmorecimento, a luta pelo seu ideal, demonstrando a continuidade da sua dedicação no esclarecimento da verdade sufocada que há muitos anos vem sofrendo injustiças por parte de opositores que desvirtuaram, com mentiras, a verdade verdadeira empenhada na defesa da nossa Pátria.

TC Art Ref Mayrseu Cople Bahia

A caminhada dos manifestantes a favor do impeachment, que até então estavam concentrados no Parque da Cidade, começou mais tarde. Antes da descida, eles receberam a viúva do coronel reformado Carlos Alberto Brilhante Ustra, que foi chefe do DOI-Codi do II Exército, em São Paulo, órgão de repressão política durante a ditadura militar – citado pelo deputado Jair Bolsonaro (PSC-SP) na votação na Câmara.

Joselita se negou a falar com a imprensa, mas tirou fotos e distribuiu autógrafos no local. Ela esteve acompanhada de um grupo de paraquedistas do Rio de Janeiro, que se vestiam de preto e empunhavam uma bandeira do Brasil.

A viúva do coronel Brilhante Ustra, Joseita Brilhante Ustra, em acampamento em Brasília de defensores do impeachment (Foto: Ingrid Borges/G1)