Nem todos são cegos. Recebido por e-mail sem autor
Nossa gratidão!
Meus parabéns a esse talento feminino pela visão patriótica e noção avantajada da profissão militar!
Muita gente fala mal dos militares. Os motivos são imensos... “São homofóbicos”, “São ditadores”, “São isso ou aquilo”. Essas acusações geralmente vêm de quem tem um certo ódio de ser rotulado... então, por que rotular os militares? Talvez, muitas dessas pessoas são levadas por aquilo que leram ou estudaram em livros sobre a ditadura militar e quando conhecem um militar, já têm um pré-julgamento. Preconceito. Sim.Eu vim aqui contar pra vocês como eu vejo os militares. Venho contar sobre a maneira como cada um deles ama o seu país acima de tudo, da maneira como se doam pela sua pátria, das coisas que fazem e você provavelmente nem sabe. Tragédias? Distribuir água, alimentos, combater mosquito? Construção de estradas? Invadir ou ocupar favela? Segurança de autoridades? Tá faltando gente na fronteira? Vigiar a Amazônia?

Dormem pouco... Muitos acordam antes do que a maioria está acostumada, vestem uma farda que pesa, um coturno que machuca, um armamento que muitos de vocês mal conseguiriam carregar por 30 minutos. Debaixo de sol ou chuva... não importa. Vivem sempre sob stress e com o sentimento de que tudo que fizerem por seu país ainda será pouco. Arriscam suas vidas por mim, por você e por todos, inclusive por aqueles que os julgam sentados em uma cadeira, de frente pro seu pc de última geração, com seu ar ligado e com vista pro mar. Os que conheço, são incorruptíveis. Exemplos de caráter e postura. Exemplos de educação e disciplina. Apesar disso tudo que passam (e não são poucos perrengues), todos eles são extremamente apaixonados pelo que fazem. Ostentam com orgulho os brevês que carregam no peito... Fazem lembrar dos dias de luta... Em que se superaram, dias em que tudo que queriam era correr de voltar pra casa e ficaram firmes. Fazem amigos eternos. Vibram, mesmo com salário que parou no tempo e tendo que se virar para fechar o mês.

E quando precisam deles? Lá eles estão. Se preciso, pegam tudo que conseguirem carregar, colocam na mala e pé na estrada. Tiram sua esposa do conforto e levam pro meio do mato, tiram os seus filhos das melhores escolas pra estudar onde não tem a mínima estrutura, levam seus cachorros para viver em locais onde a qualquer momento podem ser picados por aranhas ou cobras. São transferidos muitas vezes contra a sua vontade e pra um local onde nunca sonharam morar. Se ficam revoltados? Não. Porque pra eles, missão dada é missão cumprida. E eles tem orgulho de bater no peito e dizer que sim... Fazem a diferença. Cada um deles faz.

Pra você que não conhece essa realidade eu digo: na prática é tudo muito diferente do que aquilo que você lê nos livros, vê nos jornais. Muito diferente das opiniões direcionadas que você ouve por aí. Quantas pessoas você conhece que dariam a sua vida pelo seu país?

Brasil acima de tudo e Deus acima de todos!"

 

Comentários  
#3 MARCO 30-12-2015 12:47
!!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!APL AUSOS!!!!!!!!!! !!!!!!!!!!!!!!! !
#2 Sua vida em um gráfi 30-12-2015 12:44
:-| e :oop :-| :-* s: :D :D :lol: :-) ;-) 8)
#1 Roberto Albernaz 29-12-2015 08:27
Parabéns ao texto e para a família militar,pois o militar seja de qual força que atue estará sempre de prontidão para o chamamento da nação em perigo.Foi assim em todos os momentos delicados de nossa história em que a nação foi surpreendida principalmente pelo inimigo interno.Esse é o mais perigoso de todos,pois ele se mistura nos meios civis e é capaz de destruir nossos irmãos.Parabéns militares.
Adicionar comentário