01/12/15 - Divergência na Defesa 
Comando militar da Segurança dos Jogos é alterado

por Roberto Maltchik - 01/12/2015

O general José Carlos de Nardi, do Estado Maior das Forças Armadas

A maior autoridade militar que atua na organização da segurança dos Jogos pediu para sair. O general de Exército José Carlos de Nardi, chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, já pensava em sair ao longo de 2016, mas antecipou a decisão por sérias divergências como o novo ministro da defesa, Aldo Rebelo (PCdoB).

Uma delas foi a decisão da presidente Dilma de sancionar o projeto de lei que libera o visto de visitantes estrangeiros para fomentar o turismo durante as Olimpíadas, até mesmo daqueles sem ingresso ou credencial. De Nardi era contra a liberação, aprovada no Congresso e sancionada por Dilma.

Ele deverá ser substituído pelo almirante Ademir Sobrinho, que atualmente ocupa a chefia de Operações do Estado Maior.

Comentários   
#8 mario jose ds silva 24-04-2017 21:49
Sinais de novos tempo, o fato de termos na chefia do Ministerio da Defesa um membro do Pc do B,ontem inimigos,hoje aliados miliatres versus comunistas,q defenderam com unhas e dentes a manutenção das forças como exército regular,rejeita mdo a pretensão do capital transnacional q pretendia transforma-las numa guarda nacional e tb defenderam a modernização dos equipamentos q diziam absoletos.Ñ devem tb esquecer da a defesa dos soldos compatíveis às necessidades dos valorosos soldados..Entra r quem quiser no solo pátrio não é uma atitude de cautela com a segurança interna.
#7 mario jose ds silva 21-04-2017 23:00
A Sra Presidente liberou entrada sem visto de estrangeiros talvez para diminuir burocracia,busc ar interesse na visita ao Brasil durante os jogos olímpicos,entra da de divisas e o fato de não termos precededentes de ataques de terroristas estrangeiros no sólo pátrio,mas tb não concordo com essa liberação,pois a cautela é sempre importante.Qto a fato de um ministro de Defesa ser um membro do PC do B,mostra sinais de outro tempo,ontem miliar versus comunista inimigos,hoje aliados desde qd o capital transnacional quis q nossas forças arrmadas se transformassem em simples guarda nacional, a que os comunistas rejeitaram a essa pretensão capitalista estrangeira e defenderam a manutenção do exército regular e ainda mais,quiseram q o governo promovesse para ontem, a modernizaçao dos equipamentos militares.
#6 mario jose ds silva 21-04-2017 22:56
A Sra Presidente liberou entrada sem visto de estrangeiros talvez para diminuir burocracia,busc ar interesse na visita ao Brasil durante os jogos olímpicos,entra da de divisas e o fato de não termos precededentes de ataques de terroristas estrangeiros no sólo pátrio,mas tb não concordo com essa liberação,poias a cautela é sempre importante.Qto a fato de um ministro de Defesa ser um membro do PC do B,mostra sinais de outro tempo,ontem miliar versus comunista inimigos,hoje aliados desde qd o capital transnacional quis q nossas forças arrmadas se transformassem em simples guarda nacional, a que os comunistas rejeitaram a essa pretensão capitalista estrangeira e defenderam a manutenção do exército regular e ainda mais,quiseram q o governo promovesse para ontem, a modernizaçao dos equipamentos militares.
#5 Valdeke Silva 21-12-2015 23:43
Dilma Rousseff e o PT estão brincando com fogo. Colocar um comunista para mandar nas Forças Armadas só pode ser coisa de idiota!
#4 carlos I.S.Azambuja 03-12-2015 22:41
A ex-terrorista Dilma já disse, em discurso na ONU, que se deve dialogar com os terroristas. Agora escancara as portas do Brasil para quem quiser entrar, inclusive esses mesmos terroristas. Será que éapenas burrice ou ingenuidade? Não acredito que seja...
#3 Fernando Fernandes 03-12-2015 12:28
Se eu estivesse no lugar do general José Carlos de Nardi, procederia da mesma forma.
O terrorismo no mundo é fato consumado e, a liberação de visto de estrangeiros para fomentar o turismo nas olimpíadas de 2.016, é temerária.
Ainda para mim, medida presidencial errada e perigosa.
#2 Milton 02-12-2015 00:38
Enquanto imperar no mundo o comunismo, a guerrilhe, o terrorismo, o E.I. e o petismo, haverá vergonha de todos que sejam honestos (...)
Tudo isso, era previsível, pois, no Brasil se admite excrementos, como sendo coisa boa!
Assim, nos restará a deposição, ou cassação ou impeachment dos incautos ladrões (...)
Incluindo-se aí a "megera do rabo dourado", a cobra das sete cabeças (...)
Na hidra comunista é explicável - quem sabe aparecerá um hércules, para queimá-las ??
Brasil acima de tudo!
Por aqui não passarão!
#1 GEROGE HALLS 01-12-2015 20:13
O que esperar de um ministro da defesa que pertence ao PCdoB. Eu apoio que qualquer militar deixe o governo dos comunistas na mão. Eles em nada merecem respeito, principalmente pelo fato de terem afundado o País . E se o congresso , e a oposição continuarem nessa lengalenga dias piores virão, Essa de deixar tudo que é estrangeiro entrar no país é uma forma de trazerem reforços comunistas , assim como no mais médicos onde existem 10.000 (dez mil) vindos de Cuba, isentos de prestar o exame do CRM para habilitá-los a exercer a medicina aqui. Em suma, ACORDA BRASIL, ANTES QUE SEJA TARDE. SAI DILMA JÁ, PT & CIA, FORA
Respeitosamente,
George Halls
Adicionar comentário