por Léo F Cinelli
Sempre disse aos companheiros que os ataques dos terroristas, hoje no poder, não ficaria restrito ao Cel. Ustra e outros companheiros, que lutamos contra essa corja que queria instalar um soviete aqui no País. Que os terroristas chegariam às mais altas autoridades porque não se tratava de uma investigação histórica, mas de uma guerra ideológica. A Anistia serviu  apenas para eles ganharem tempo e poder, já que não tinham legítimo ânimo para reconciliação e paz.  Após se organizaram e insultaram os cidadãos democratas, civis e, mais ainda, militares. E como não houve reação, senão eventual e individual, eles chegaram lá.
Não se iludam que os terroristas não pararão aí. É histórico. Continuarão agora visando inclusive aqueles que não sendo leais ao antigo regime democrático demonstraram que não serão leais a ditadura do proletariado, pois como Jean Paul Sartre já pontificou: "ninguém é traidor porque trai, mas trai porque é traidor".

 

Comments powered by CComment