Caros Amigos.
Gen Bda Paulo Chagas
Ao aproximar-se a data das eleições, talvez as mais importantes da história contemporânea do Brasil, é, mais uma vez, oportuno lembrarmo-nos de que a força dos militares brasileiros está na seriedade, na honestidade, no profissionalismo, no comprometimento e, principalmente, no prestígio por estes meios conquistado.
A confiança daí decorrente faz com que os militares sejam vistos pela Nação como a sua última esperança, principalmente nos momentos de crise, quando governantes e políticos, por suas ações e omissões, carregam, entre outros, o estigma da desonestidade, da mentira e da corrupção,

As circunstâncias, as ameaças e as agressões à soberania, à segurança e à liberdade têm definido as atitudes e as iniciativas dos Soldados, cidadãos fardados, identificados com os anseios e temores de sociedade a que servem.

Desde os Guararapes, quando, pela primeira vez, o sentimento de pátria uniu os filhos desta terra, os Soldados não lhes têm faltado, pois estão sempre  atentos a seus deveres e aos compromissos que assumiram ao empunhar suas armas.

Vocês podem não vê-los, mas eles estão lá, com os meios que dispõem, sejam eles modernos, antigos, obsoletos, eficientes ou não, cumprindo o seu dever, porque eles sabem que a sua maior e mais poderosa arma é o amor que nutrem pela terra à qual juraram empenhar até a vida, toda a vida!

Vocês podem não ouvi-los, mas eles estão lá, atentos ao compromisso que, em juramento solene, assumiram perante a Bandeira e seus irmãos brasileiros! Pátria… Honra… Integridade… Instituições… Defenderei… Sacrifício da Própria Vida!

Isto os faz confiáveis, temidos, respeitados, invencíveis! 

A tradição e o prestígio acumulados ao longo da história asseguram aos homens e mulheres desta terra que, quando e se necessário, aqueles outros homens e mulheres, que além da Pátria no coração têm nas mãos as armas que ela pode lhes dar, farão sentir a sua presença e ouvir a sua voz!

Eu sei e continuo a crer nisto!

Gen Bda Paulo Chagas

= Nenhuma ditadura serve para o Brasil - Grupo Tern

Comments powered by CComment