Imprimir
Categoria: Revanchismo
Acessos: 2275

STJ ADIA PARA  QUINTA-FEIRA, 21/08/14, JULGAMENTO DE RECURSO DO CORONEL USTRA
Beatriz Bulla – Estadão.com – 19/08/14
A 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu adiar nesta terça-feira o julgamento do recurso especial do coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra. Por sugestão da ministra relatora, Nancy Andrighi, o caso deverá ser analisado pela turma na quinta-feira (21).
O coronel quer derrubar a decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) que o reconheceu oficialmente como autor de torturas contra presos políticos durante o período da ditadura militar. Ustra comandou o Destacamento de Operações de Informações – Centro de Operações de Defesa Interna (DOI–Codi), do 2º Exército entre 1970 e 1974 .
O TJ-SP, em 2012, confirmou entendimento de primeira instância, que apurou a responsabilidade civil do coronel, na primeira decisão neste sentido tomada por um órgão colegiado. Caberá à 3ª Turma do STJ definir se mantém ou não a decisão do TJ-SP diante da análise do recurso de Ustra

Observação do site www.averdadesufocada.com :
Este processo se refere ao caso descrito no livro A Verdade Sufocada- A História que a esquerda não quer que o Brasil Conheça - 10ª edição -  página 586, "A vingança dos derrotados"