BUSCA E APREENSÃO NA MINHA CASA, PARA QUÊ?
Gen Paulo Chagas
Caros amigos
Na última segunda-feira, dia 15 de abril, a Polícia Federal esteve em minha residência, munida de um mandado assinado pelo ministro Alexandre de Moraes (STF), para fazer busca e apreensão. Por quê? Buscar o quê? Apreender o quê?
As respostas a essas perguntas revelam o primarismo de um inquérito indevido, truculento, inoportuno e que já nasceu errado, porquanto, segundo o entendimento de quem conhece o processo jurídico, "quem julga não investiga e quem investiga não julga"!
Não vou me deter neste "detalhe", até porque não se sabe ainda ao certo qual é objeto do processo.

Contra revolução de 1964
30/03/16- Aos que não viveram a Contra-Revolução de 31 de março de 1964

Acessos: 1184
Aos que não viveram a Contra-Revolução de 31 de março de 1964

Por Carlos Alberto Brilhante Ustra
Há 52 anos, no dia 31 de março, o Presidente da República, João Goulart foi deposto.
Uns chamam esse acontecimento de golpe militar, outros de tomada do poder, outros de contra-golpe, alguns de Revolução de 1964. Eu prefiro considerá-lo como a Contra-Revolução de 31 de março de 1964.
Vou lhes explicar o meu ponto de vista ao longo deste artigo. Espero que ao final vocês tenham dados suficientes para julgar se estou certo.
Vocês foram cansativamente informados por seus professores, jornais, rádios, TV e partidos políticos :
- que os militares tomaram o poder dos civis para impedir que reformas moralizantes fossem feitas;

Em júbilo os Brasileiros Responsáveis enaltecem a CONTRARREVOLUÇÃO DE 1964
Detalhes
Categoria: Vale a pena ler de novo
Publicado: 30 Março 2016
Acessos: 1292
Em júbilo os Brasileiros Responsáveis enaltecem a CONTRARREVOLUÇÃO DE 1964
Por Cel Ney de Oliveira Wazlak 
A história nos mostra que a REDENTORA DE 64, foi a resposta das Forças Armadas (FFAA), ao clamor da população, apoiada pela Igreja e pela Mídia, contra a sanha comunista na tentativa de tomada do poder no Brasil.
Hoje constrange, a qualquer razoável estudante de história, a propaganda que a esquerda faz, com uma gama de MENTIRAS, que facilmente são refutadas.
Quem ainda não ouviu os terroristas daquela época, afirmarem que lutavam por uma democracia?. MENTIRA! Os próprios livros, escritos por terroristas, afirmam que desejavam implantar a ditadura do proletariado conforme em Cuba, China ou na antiga União Soviética. Inclusive a fazenda, comprada por Cuba no ano de 1960, em Xambioá, TO, para treinamento de guerrilha, conforme aprendida em Cuba e na China, já mostra a preparação para a luta armada em nosso território.
Observação do site www.averdadesufocada.com ; Brasileiros unamo- nos-s e vamos pacificamente às ruas, relembrar o que significou  o sacrifício dos patriotas que lutaram para livrar-nos de uma ditadura comunista, de uma luta entre irmãos para implantarem em nossa pátria o regime de Cuba, da China  , da União Soviética .Vamos vestir o Brasil de verde e amarelo para lembrar que estamos a ponto de nos livrarmos de vez dessa quadrilha de corruptos. Chega da política  do toma lá dá cá que tivemos de aguentar por anos e anos!

 Gen Clovis Purper Bandeira -Editor de Opinião do Clube Militar - 26/03/2018
Com o passar dos anos, os acontecimentos de ontem nos parecem cada vez menos importantes, esmaecidos na memória e substituídos por outros mais recentes ou mais impactantes para o bem ou para o mal.
Alguns, porém, por mais distantes que estejam no tempo, não perdem seu fulgor e sua nitidez, por serem marcos no desenvolvimento das pessoas ou da sociedade.
É disso que tratamos hoje, ao relembrar na reunião com associados e amigos do Clube Militar, neste já tradicional encontro, os idos de março de 1964, ponto de inflexão definitivo na história pátria, que evitou, pela ação desassombrada dos brasileiros militares e civis que participaram ativamente dos acontecimentos de então, que nosso país se transformasse, como era e ainda é o desejo de alguns, numa grande Cuba.
Passados 54 anos, só os mais velhos dos presentes participaram pessoalmente dos fatos; mesmo assim, em postos e funções próprios de sua, então, pouca idade e experiência.
Mas os livros, a palavra dos mais antigos, a imprensa da época, ainda não corrompida pelo viés esquerdizante do politicamente correto que relativiza e criminaliza todos os êxitos do bom combate e glorifica todas as agressões dos terroristas e guerrilheiros que tentavam a tomada do poder pela força, ainda existem em arquivos públicos e particulares, à disposição dos interessados em conhecer a verdade de 1964.
Observação do site  www.averdadesufocada.com  Alguém se lembrará desta data? Haverá alguma solenidade? Teremos novamente uma missa para aqueles que perderam a  vida ou que ficaram com sequelas  enfrentando terrorista duranre  as guerrilhas  - rural e urbana ? Lembraremos dos seus familiares e rezaremos também por eles para que se confortem e vejam que o sacrifício  desses heróis que lutaram para que o Brasil não se tornasse uma Cuba, ou uma Venezuela não foi ou não  será em vão?