NADA COMO SONHAR 

Num universo paralelo: Haddad eleito e de mãos dadas com Madur
Texto de Fábio Pegrucci / 26/02/2019 às 11:20
Enquanto isso, em um universo paralelo:
O  presidente da república, Fernando Haddad, reiterou que o governo brasileiro é solidário ao governo venezuelano e ao presidente Nicolas Maduro.

- O governo legítimo e democraticamente eleito do presidente Maduro está sob severos ataques de forças reacionárias, tendo à frente os Estados Unidos, movidas pela cobiça despertada pelos recursos naturais da Venezuela - afirmou o presidente, que completou:

- Isso está claríssimo. Não há nenhum outro motivo que justifique essa óbvia tentativa de golpe.

A rápida entrevista coletiva no Palácio do Planalto contou ainda com a presença da vice-presidenta Manuela D'Ávila, que declarou:



- A Venezuela passa por alguns probleminhas, sim, mas não é nada disso que falam por aí, viu gente? Tem um pouco de desabastecimento, mas é culpa dos empresários gananciosos e do embargo imposto pelo Trump.

Perguntada sobre o fato do regime chavista estar há vinte anos no poder e Donald Trump há apenas dois na presidência dos Estados Unidos, Manuela começou a responder, mas foi interrompida pelo presidente Haddad, que finalizou a entrevista declarando:

- Com a ajuda do Brasil e de outros governos progressistas da América Latina, nossos irmãos venezuelanos voltarão rapidamente a viver em prosperidade.

Adicionar comentário