Repassando Azambuja
Luis Felipe Schittine
A esquerda no Brasil sofreu três grandes derrotas :
A primeira  em novembro de 1935 quando tentaram implantar o comunismo a todo custo, liderado por Luiz Carlos Prestes no movimento conhecido como Intentona, apoiado pela antiga União Soviética.
Houve 720 mortes : no 3* Regimento de Infantaria do Exército Brasileiro na Praia Vermelha, no antigo Distrito Federal,atual cidade do  Rio de Janeiro foram mortos vários Oficiais e Praças , grande parte dormindo durante a
madrugada : 08 Oficiais,  04 Sargentos, 09 Cabos e 11 Soldados por outros Oficiais e Praças liderados pelos Cap. Agildo Barata Ribeiro e Ten. Francisco Otero . Em Natal, Rio Grande  do Norte o levante comunista teve início no 20* Batalhão de Caçadores do Exército Brasileiro. Foram três dias e três noites de violência e terror, que culminaram com 20 mortes. Mas o  mais sangrento levante ocorreu em Pernambuco quando um Sargento comandando um grupo de civis invadiu a Cadeia Pública e roubou o armamento dos policiais. As Delegacias de Polícia de Olinda, Torre e Casa Amarela também foram atacadas por centenas de civis. Os revoltosos  foram dominados pela reação do 29* Batalhão de Caçadores do Exército Brasileiro, de Pernambuco, auxiliados pelas Forças Federais de Alagoas, Paraíba e da Polícia Militar de Pernambuco. Houve 668 mortos entre os dois lados

A segunda em 1964 quando novamente quiseram impor uma ditadura sindicalista proletária, um  eufemismo do comunismo, apoiados pela antiga União Soviética, China e Cuba. Foram prontamente rechaçados pelo movimento cívico - militar e religioso , sem que houvesse
derramamento de sangue entre brasileiros.
A terceira em 2016 quando o lulapetismo juntamente com o apoio de Fidel Castro e Chávez,
tentaram através do Foro de São Paulo, implantar o bolivarianismo, o novo socialismo do século XXI, novamente um eufemismo do comunismo. Foram derrotados pelos movimentos sociais e população civil que fizeram mega-manifestações de rua, impedindo que tal fato ocorresse, culminando com o impeachment de Dilma Rousseff, um " pau mandado " de Lula.
A recente delação da empreiteira Odebrecht nos levou até a década de 80 após o fim do regime militar, atingindo o ex- governador Brizola que recebeu propinas na construção do
Sambódromo ( um elefante branco carioca, específico para o desfile das escolas de samba ) e dos Centros de Instrução e Educação Públicas, os CIEP's
A delação em questão não se reportou em nenhum momento ao regime militar ( 1964 até 1985 ). Não houve pagamento de propinas, os presidentes militares eram da classe média;
não tinham contas secretas no exterior; não criaram Institutos para " afagar" os seus egos ( Sarney, Fernando Henrique e Lula ) e nem fizeram filme com dinheiro público para se promoverem( Lula, o filho do Brasil).
Não tendo como atacar o regime militar os esquerdistas da Globo criaram uma mini- série intitulada " Os dias eram assim" , que estréia hoje dia 17 de abril , à noite, tendo como mote
o amor de uma jovem por um rapaz, que não tem apoio da família, favorável ao regime militar.  
O namorado era favorável à implantação da ditadura sindicalista proletária , cometia ataques contra o regime e foi exilado . A mini- série procura passar ,que os que apoiavam o regime militar  eram pessoas más .
Não me contaram " historinhas " nos bancos escolares e nas faculdades. Tive a oportunidade de  viver a minha juventude e início da maturidade nesse período e posso afirmar sem mentir,
que nessa época as pessoas eram extremamente felizes , pois havia ordem, respeito,educação  , saúde e segurança pública excelentes .Todos os presidentes militares foram eleitos pelo
Colégio Eleitoral do Congresso Nacional. Na maior parte do regime militar ( 1964- 1985) o ongresso Nacional esteve funcionando. O Brasil que era a 47* Economia Mundial passou
para a 8*lugar; a inflação foi reduzida de 100%ao ano para 12% ; foram criados 13.000.000 de empregos ( triste coincidência com o atual número de desempregados) ; foi criado a
regulamentação do 13*salário; o Funrural , uma das maiores obras do século XX, beneficiando
8.000.000 de trabalhadores rurais; foram criadas mais de 30 usinas hidrelétricas, entre as quais as maiores do mundo - Itaipu, Tucuruí, Ilha Solteira, Jupiá, etc ...; a Petrobrás aumentou a produção de 75 mil para 750 mil barris por dia ; foram criados o FGTS, PIS e PASEP ; a Telebrás  implanta 12 milhões de linhas telefônicas; microondas interligam todas as capitais, estação de satélite interliga o Brasil com o mundo todo, TV em cores em todo o país, cabos submarinos de fibra ótica para os Estados Unidos e Europa; DDD e DDI no país e para o mundo. A constução da ponte General Costa e Silva liga as cidades do Rio de Janeiro e Niterói , sem que houvesse nenhum  desvio de dinheiro público. É criada também a EMBRAER, uma das maiores exportadoras de aviões do mundo. E o mais importante: não ocorreu a corrupção que estamos assistindo , que por pouco não destruiu o Brasil,e que acarretou recessão e desemprego jamais vistos na história.
O  presidente Médici era muito querido pelo povo . Como prova darei dois depoimentos: um do falecido jornalista, dramaturgo e escritor Nélson Rodrigues " No dia da inauguração do
estádio do Morumbi, com a partida internacional São Paulo X Porto, eu fora convidado pelo residente Médici e estava com ele. Não posso esquecer o que houve nas ruas de São Paulo
e dentro do Morumbi. No estádio do Maracanã vaia-se até minuto de silêncio, e como dizia outro, vaia-se até mulher nua. Vi o Morumbi lotado aplaudindo Médici .Antes do jogo e depois
do jogo, o aplauso das ruas. Eu queria ouvir um assobio, sentir um foco de vaias. Só palmas.Eu perguntava:E as vaias? Onde estão as vaias? Estavam espantosamente mudas".
A outra do ex- presidente Lula : " Naquela época se houvesse eleições diretas o Médici ganharia folgadamente. E foi no auge da repressão política mesmo, o que a gente chama do período  mais duro do regime militar. A popularidade do Médici no meio da classe trabalhadora era muito grande. Ora por que? Porque era uma época de pleno emprego."
Como podemos chamar de ditadura, com um presidente querido pelo povo,com o Congresso  Nacional funcionando e com eleições indiretas ?
A repressão ocorreu com a crescente radicalização dos movimentos de esquerda com sequestros, assaltos à bancos e ataques à unidades militares. Para frear essa situação instituiu
o Ato Institucional n*5.
As pessoas não envolvidas com os movimentos de esquerda viviam muito felizes no Brasil.Conversem com as pessoas que viveram nessa época. O próprio jornal O Globo fez um
editorial no dia seguinte do movimento cívico -militar-religioso de 31 de março de 1964 elogiando-o.Recentemente o jornalista William Bonner " desmentiu" e fez um novo editorial criticando
o movimento. A TV Globo vive de falsidades e mentiras . A sua programação incentiva o sexo precoce . Nunca houve um número tão grande de meninas e adolescentes grávidas,
devido a essa estimulação televisiva. Muitas delas acabam abandonando os filhos nos orfanatos.
E a Globo no mês de agosto vem pedir contribuição para essas crianças através do programa Criança Esperança. Sem falar no Big Brother, o programa favorito dos tarados sexuais , estupradores e pedófilos . Não é por acaso que a cada cinco minutos, uma mulher sofre violência sexual no Brasil.
Pobre TV Globo: mentirosa, maquiavélica, hipócrita,falsa, destruidora de famílias,jovens e otalmente subjugada aos eternos esquerdistas derrotados em 1935, 1964 e 2016!

Comentários  

0 #2 Catarina 23-04-2017 16:05
Estou decepcionada com essa página. Dilma foi substituída por Temer, um comunista fabiano. Então ainda estamos nas garras dessa corja comunista. Me desculpem, mas se o cel. USTRA estivesse vivo, ele não permitiria essas mentiras aqui, aonde vocês exaltam Bolsonaro, Magno Malta - todos falsos direitistas!
0 #1 Dalton Catunda Rocha 19-04-2017 11:35
O Regime Militar prestou grandes serviços ao Brasil. Dois deles foram: tranquilidade política e, imensos investimentos em infraestrutura.
A produção de petróleo cresceu mais de 8 vezes, a capacidade de refino de petróleo multiplicou-se mais de 12 vezes, a produção de soja aumentou mais de 60 vezes, extinguiu-se a varíola, decuplicou-se o número de vagas em escolas públicas, universalizou-s e a previdência social, multiplicou-se a produção de eletricidade mais de dez vezes, etc.
Tudo correu bem, até o final do governo Médici. Só que sob Geisel, os árabes aumentaram os preços do petróleo de US$3 o barril, em 1972, para mais de US$12 o barril, em 1974. E passou de US$34 o barril, de 1979 em diante. O Brasil que tinha dívida externa líquida de US$6 bilhões, em janeiro de 1974, passou a dever mais de US$90 bilhões, em janeiro de 1983. A inflação estava em cerca de 10% ao mês, de 1982 em diante e o desemprego era alto. A partir daí a queda do Regime Militar tornou-se inevitável.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar