29/03 - Feitos do governo militar

 Pela editoria do site www.averdadesufocada.com

  
  Presidente Humberto Castello Branco
         15/04/1964 a 15/03/1967
Está mais do que confirmado, inclusive por alguns participantes da luta armada, que a verdadeira intenção dos "resistentes", como alguns se intitulam, não era, apenas, derrubar o regime militar e sim implantar uma ditadura marxista-lenista. Se os militares não tivessem desfechado a Contra-Revolução em 1964,  uma  ditadura comunista estaria implantada no Brasil e estaríamos, até hoje, subjugados a um modelo ditatorial comunista, semelhante ao cubano, ou, no mínimo, estaríamos como a Colômbia, lutando, há mais de 40 anos,  contra uma guerrilha semelhante a que é mantida pelas Farc. Essa verdade não é revelada...

 Nega-se também que  a base do desenvolvimento do  país,  a infra-estrutura de hoje, foi criada e implantada durante o regime militar. 
Aproveitando o 46º aniversário da Contra -Revolução vamos relembrar algumas realizações do governo militar:
- Restabelecimento da autoridade por 21 anos;
- Criação de 13 milhões de empregos;
- A Petrobrás aumentou a produção de 75 mil para 750 mil
 
       Presidente  Arthur da Costa e Silva
           15/03/1967 a 31/08/1969
barris/dia de petróleo;
- Estruturação das grandes construtoras nacionais;
- Crescimento do PIB de 14%;
- Construção de 4 portos e recuperação de outros 20;
- Criação da Eletrobrás;
- Implantação do Programa Nuclear;
- Criação da Nuclebrás e subsidiárias;
- Criação da Embratel e Telebrás (antes, não havia 'orelhões' nas ruas nem se falava por telefone entre os Estados);
- Construção das Usinas Angra I e Angra II;
- Desenvolvimento das Industrias Aeronáutica e Naval (em 1971 o Brasil foi o 2º maior construtor de navios do mundo);
- Implantação do Pró-álcool em 1976 (em 1982, 95% dos carros no país rodavam a álcool);
- Construção das maiores hidrelétricas do MUNDO: Tucuruí, Ilha Solteira, Jupiá e Itaipú;
- Brutal incremento das exportações, que cresceram de 1,5 bilhões de dólares para 37 bilhões; o país ficou menos   dependente do café, cujo valor das exportações passou de mais de 60% para menos de 20% do total;
- Rede de rodovias asfaltadas, que passou de 3 mil para 45 mil km;
- Redução da inflação galopante com a criação da Correção Monetária, sem controle de preços e sem massacre do funcionalismo público;
- Fomento e financimento de pesquisa: CNPq, FINEP e CAPES;
  
 Presidente Emílio Garrastazu Médici
       30/10/1969 a 15/04/1974
- Aumento dos cursos de mestrado e doutorado;
- INPS, IAPAS, DATAPREV, LBA, FUNABEM;
- Criação do FUNRURAL - a previdência para os cidadãos do campo;
- Programa de merenda escolar e alimentação do trabalhador;
- Criação do FGTS, PIS, PASEP; (**)
- Criação da EMBRAPA (70 milhões de toneladas de grãos); (**)
- Duplicação da rodovia Rio-Juiz de Fora;
- Criação da EBTU;
- Implementação do Metrô em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Fortaleza;
- Criação da INFRAERO, proporcionando a criação e modernização dos aeroportos brasileiros (Galeão, Guarulhos, Brasília, Confins, Campinas - Viracopos, Salvador, Manaus);
- Implementação dos Pólos Petroquímicos em São Paulo (Cubatão) e na Bahia (Camaçari);
- Investimentos na prospecção de petróleo no fundo do mar que redundaram na descoberta da bacia de Campos em 1976;
- Construção do Porto de Itaquí e do terminal de minério da Ponta da Madeira, na Ilha de S. Luís, no Maranhão;
- Construção dos maiores estádios, ginásios, conjuntos aquáticos e complexos desportivos em diversas cidades e universidades do país;
  

              Presidente Ernesto Geisel
              15/03/1974 a 15/03/1979


- Promulgação do 'Estatuto da Terra', com o início da Reforma Agrária pacífica;
- Polícia Federal;
- Código Tributário Nacional;
- Código de Mineração;
- Implantação e desenvolvimento da Zona Franca de Manaus;
- IBDF - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal;
- Conselho Nacional de Poluição Ambiental;
- Reforma do TCU;
- Estatuto do Magistério Superior;
- INDA - Instituto de Desenvolvimento Agrário;
- Criação do Banco Central (DEZ 64);
- SFH - Sistema Financeiro de Habitação;
- BNH - Banco Nacional de Habitação; (***)
- Construção de 4 milhões de moradias;
- Regulamentação do 13º salário;
- Banco da Amazônia;
- SUDAM;
- Reforma Administrativa, Agrária, Bancária, Eleitoral, Habitacional, Política e Universitária;
- Ferrovia da soja;
- Rede Ferroviária ampliada de 3 mil e remodelada para 11 mil Km;
  
 Pres João Baptista de Oliveira
 Figueiredo -
15/03/1979 a 15/03/1985
- Frota mercante de 1 para 4 milhões de TDW;
- Corredores de exportações de Vitória, Santos, Paranaguá e Rio Grande;
- Matrículas do ensino superior de 100 mil em 1964 para 1,3 milhões em 1981;
- Mais de 10 milhões de estudantes nas escolas (que eram realmente escolas);
- Estabelecimentos de assistência médico sanitária de 6 para 28 mil;
- Crédito Educativo;
- Projeto RONDON;
- MOBRAL;
- Abertura da Transamazônica com instalação de agrovilas;
- Asfaltamento da rodovia Belém-Brasília;
- Construção da usina hidrelétrica de Boa Esperança, no Rio Parnaíba;
- Construção da Ferrovia do Aço (de Belo Horizonte a Volta Redonda);
- Construção da Ponte Rio-Niterói;
- Construção da rodovia Rio-Santos (BR 101); e
Compartilhe
 

Comentários   

 
0 #103 Cláudio Fortes Carpe d-m-Y H:i
Em 1964 eu estaria convivendo com nosso progenitor, no RJ, com 13 anos de idade não entendia o que estava ocorrendo. que também foi ludibriado pelas falsas ondas nacionalistas, jogadas pelos que hoje estão no Poder, e, naquela época eram filhotes da Intervenção, e auxiliaram a jogar o próprio povo, contra os Militares. os filhotes da Intervenção hoje estão no Poder...
Citar
 
 
0 #102 Miguel d-m-Y H:i
O Maior erro dos militares foi a excessiva Centralização do Poder e dos Recursos, em Brasília, com a criação de centenas de Estatais e planificação da Economia (Socialismo Fabiano, Delfin e Cia) com isto impedindo o Livre Mercado.
Citar
 
 
0 #101 Carlos Alberto O. de d-m-Y H:i
Só fala deste governo quem realmente não conheceu e que no minimo é contra o que é certo. não sou daquela época mais posso afirmar nunca se viu no nosso pais tanta bandalheira, corrupção, desemprego, falta de caráter como nos últimos 12 ou 13 anos, pra ser mais claro nesse governo de CORRUPTOS do PT. virou uma baderna só. uns verdadeiros Gênios no que se refere a corrupção. Parabéns LULA e Dilma os Intocáveis. vocês merecem um Oscar por esta cara de Pau..
Citar
 
 
+1 #100 João Guilherme d-m-Y H:i
Essa é maior bronca que esses comunista que estão aí no poder têm dos militares, porque eles sabem que o maior desenvolvimento do Brasil se deu justamente nos governos militares e eles não tiveram capacidade de continuar. A única coisa que eles fizeram foi dar uma bolsa miséria para o povo mais humilde do nosso país para manter os seus currais eleitorais cheio Brasil a fora. Só que agora o povo acordou e já vai dar o troco nessas eleições Municipais desse ano e concluindo nas majoritárias de 2018.
Citar
 
 
+3 #99 Marcos Borkowski d-m-Y H:i
Discordo.Errara m muito na economia? O país passou da 44ª posição mundial para a 10ª , com um PIB de 14%, realizando o "milagre econômico". Se erraram em algo foi em ser bons e gentis demais, perdoando a comunistas que só mereciam a morte e jamais sequer ser citados no Brasil. Erraram sim, mas foi em mesclar o governo permitindo civis em seu meio, estes sim, a meu ver, os sabotaram e traíram mesmo depois de salvarem a todos nós. Por essas e outras, muito embora eu e os demais intervencionist as lamentemos muito, é que considero que os militares não estão errados em agir precipitadament e hoje, pois analisando o perfil da sociedade atual, sem com retrocesso intelectual de 30 anos de governo civil, certamente estariam sujeitos a traição. É prudente realizar essa analise quanto a um governo militar mesclado com civis, pois muito embora o contragolpe tenha salvado o país, costumeiramente mal-intencionad os só citam o lado do que consideram crimes dos militares, da tal ditadura sem um ditador.
Citar
 
 
+4 #98 Kadu d-m-Y H:i
Nasci durante o regime militar. Sinto saudade da segurança e do patriotismo. Eles erraram muito na economia. Mas eram tempos bem difíceis. Entretanto, acreditem, eram mais liberais e zilhões de vezes mais eficientes em economia do que esses bandidos do PT e parte do PMDB.
Citar
 
 
+5 #97 Rosemeire Polichetti d-m-Y H:i
Acredito que os homens de bem, como Juiz Sérgio Moro e toda sua equipe, a PF, o ex Ministro Joaquim Barbosa, o Datena, deveriam se unir para ajudar que voltasse os Militares em nosso País.
Citar
 
 
+2 #96 Cláudio Fortes Carpe d-m-Y H:i
O que seja indubitável não pode estar na clandestinidade ! Em qualquer tempo se descobre, que metodologias não prosperam, em face do indubitável. CFC!
Citar
 
 
0 #95 piccolo.lviv.ua d-m-Y H:i
Em ambas as situações, a empresa aparece na primeira página e entre os primeiros
resultados.
Citar
 
 
+9 #94 Marcos Borkowski d-m-Y H:i
Mario Lago contou que orientava aos que eram presos para dizer que eram torturados. Aonde estão as marcas de tais torturas, interessantes que ninguém mostra nada. E quanto aos militares assassinados, por que não citam também? Morreram em cumprimento do dever, defendendo o país dos comunistas e aonde estão as honrarias prestadas? Acredito que os livros do MEC fizeram muito mal as mentes das gerações dos últimos 25 anos, pelo menos, pois desconhecem o que é o e o que fez o Comunismo pelo mundo. Façam uma rápida pesquisa sobre o Regime Sangrento do Comunismo, na Rússia (União Soviética), na China, milhões morreram fuzilados e cerca de 50 milhões de fome e inanição. Até 2010, os pesquisadores apontam para cerca de 500 milhões de mortos e outros em cruel escravidão. Pesquisem sobre esse regime em Cuba, na Venezuela, Chile, Colômbia, Bolívia, contra cristãos e muçulmanos. Cuidem para que não alterem nossa bandeira e não tomem suas propriedades privadas. Toda honra aos militares de 64 a 85.
Citar
 

Adicionar comentário


Cdigo de segurana
Atualizar