A Verdade Sufocada, o Livro Imprimir E-mail
Notícias - Vale a pena ler de novo

1 - averdadesufocada @ terra.com.br ou telefone (61) 3468-6576
2 - LivrariaBrasil.Net
3 - Permanencia.org.br
4 - Livraria Cultura (Brasília, SP, Porto Alegre, Salvador, RJ e Recife)

 
ALERTA A NAÇÃO ! ASSINE ! Imprimir E-mail
Notícias - Doutrinação

O manifesto “ALERTA À NAÇÃO”, por decisão do seu responsável, encerrou o recebimento de apoios, tão logo foi considerado ter cumprido, com sucesso, a sua finalidade. Entretanto,  não cessaram, até hoje, de forma contínua, os envios de apoios, quer de militares quer de civis.
Atualmente, em face do incremento da gravidade da situação de descalabro político e moral que permeia os poderes da República e da respectiva insatisfação e reação crescente de grande parcela da sociedade mais esclarecida,o volume de apoio ao manifesto vem aumentando significativamente.Assim para dar uma resposta a essas vozes, que exigem o fim de tais descalabros, resolvemos reativar o grito de "Alerta À Nação", recebendo e publicando no site www.averdadesufocada.com os apoios recebidos.Se o desejar assine nos comentários ou mande seu nome para o e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  .

ELES QUE VENHAM.POR AQUI NÂO PASSARÂO! 

Atenciosamente
A editoria do site

 

 
MANIFESTO (Atualizado em 09/06/2012 21:59hs) Imprimir E-mail
Notícias - Forças Armadas
 
24/07/14 - SP: sem-teto protestam em frente à Secretaria de Habitação Imprimir E-mail
Notícias - MST

MTST quer uma solução para as famílias da ocupação Portal do Povo, no Morumbi, que terão que deixar o terreno em dez dias
Débora Melo - Portal Terra- 23/07/14 - Direto de São Paulo
Manifestantes se reuniram no vão livre do Masp na tarde desta quarta
Integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) realizam nesta quarta-feira um protesto em frente à Secretaria Municipal de Habitação, no centro de São Paulo, em busca de uma solução para as famílias da ocupação Portal do Povo, no Morumbi.
De acordo com a Polícia Militar (PM), cerca de 2.500 manifestantes participam do ato em frente à sede da secretaria, no edifício Martinelli, no centro da capital. Às 16h30 os manifestantes ocupavam toda a extensão da rua Líbero Badaró, que segue fechada para veículos.

 
24/07/14 Tática agressiva Imprimir E-mail
Notícias - Política interna

MERVAL PEREIRA
O GLOBO - 24/07/2014
O governo tem motivos de sobra para comemorar a decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) de isentar o Conselho de Administração da Petrobras - e, por conseguinte, a presidente Dilma Rousseff, que, na qualidade de ministra-chefe da Casa Civil, o presidia - da responsabilidade pelos prejuízos que denunciou na compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos.

Agindo assim, o relator do TCU, ministro José Jorge, assumiu a versão da própria presidente, que admitiu que, se tivesse todas as informações a seu dispor, não autorizaria a compra, que se mostrou um negócio desastroso para a Petrobras.

 
24/07/14 - O governo deveria saber que o Estado não recua Imprimir E-mail
Notícias - Política interna

OLIVEIROS S. FERREIRA
O ESTADO DE S.PAULO - 24/07/2014

A crise do Estado, a que me refiro com frequência, pode dar-se como explosão. Na França, o pavio foi aceso na greve da Gendarmeria sob o governo Guy Mollet. A bomba explodiu na ação dos paraquedistas na Argélia, em 1958. Depois, enfrentando outra revolta, o general De Gaulle proclamou: "O Poder não recua!" - e venceu!

A crise pode também dar-se silenciosamente, como no Brasil de hoje, ainda que o pavio tenha sido aceso na renúncia de Jânio, em 1961, e um petardo haja explodido em 1964 sem grandes efeitos: o velho edifício social e político permaneceu intocado, afora pequenas emendas para tornar sua fachada mais bonita. Hoje a crise, silenciosa, corrói lentamente não apenas as instituições, mas também - o que é mais grave - as mentalidades.

 
24/07/14 - DIFERENÇAS Imprimir E-mail
Notícias - Política Externa

OPINIÃO
EDITORIAL
O GLOBO - 24/07/2014

DIFERENÇAS
AO NÂO aceitar o risível pedido de asilo da advogada Eloísa Samy, o Uruguai tratou o Brasil como ele de fato é, um país em que há um estado de direito democrático, e não como o Brasil fez com Itália, no caso Cesare Battisti. 

CONDENADO POR homicídio na Itália, onde militou em grupos da esquerda radical, Cesare, bem relacionado no PT, teve o pedido de refúgio aceito pelo governo brasileiro,  como se a Itália não estivesse sob um regime capaz de fazer cumprir as sentenças judiciais, respeitando o devido processo legal. O Uruguai mostrou como deve ser.

 
23/07/14 - Desembargador concede habeas corpus a 23 ativistas no RJ Imprimir E-mail
Notícias - Diversos

André Naddeo

Direto do Rio de Janeiro - Direto do Rio de Janeiro - 23 de julho de 2014 • 18h49 • atualizado às 19h36 

O desembargador Siro Darlan concedeu habeas corpus aos 23 ativistas presos no Rio de Janeiro. Os ativistas eram acusados de participarem de atos violentos e indiciados pela Polícia Civil por associação criminosa. Dezoito deles estavam foragidos e cinco, presos. 

 
23/07/14 - Os nossos "presos políticos Imprimir E-mail
Notícias - Diversos

http://avaranda.blogspot.com.br/2014/07/os-nossos-presos-politicos-editorial-o.html?m=1 

EDITORIAL 

O ESTADO DE S.PAULO - 23/07 

O fenômeno do "ativismo" ora em curso no País atingiu de vez o nível do delírio. Convictos de que estão acima das leis e de que o Estado é, por definição, um ente inimigo, os chamados ativistas, também conhecidos como militantes, se dedicam dia após dia a atormentar os cidadãos comuns nas grandes cidades, sob o argumento de que a democracia lhes faculta o direito de bloquear avenidas, de depredar a propriedade alheia e de praticar outros delitos. 

Quem disso discorda e defende a necessária ação da polícia e da Justiça contra a baderna e o vandalismo é logo acusado, por uma barulhenta rede de simpatizantes espalhados pelas universidades e pela internet, de advogar a "criminalização das lutas sociais". Quando finalmente o Estado decidiu agir, encarcerando vândalos que se dizem "ativistas", essa rede imediatamente reagiu, dizendo que os detidos e os indiciados são "perseguidos políticos" - uma farsa que expõe seja a má-fé, seja a confusão moral dessa turma.

 
23/07/14 - Pesquisas confirmam que as Forças Armadas são a instituição de maior confiança do povo brasileiro Imprimir E-mail
Notícias - Forças Armadas

 Pesquisa Datafolha encomendada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e divulgada nesta segunda-feira (21) aponta que as Forças Armadas são a instituição com maior nível de confiança dos brasileiros. 

Os partidos políticos são os menos confiáveis, de acordo com levantamento. 

O estudo ouviu 2.126 pessoas, em 134 municípios de todas as regiões do país, entre os dias 6 e 10 de junho.

 
23/07/14 - Enfim, uma tênue luz de Esperança Imprimir E-mail
Notícias - Diversos

Gen. Bda Rfm Valmir Fonseca Azevedo Pereira
Uma de nossas impressões era de que em caso de conquista da Copa a reeleição do poste sem luz praticamente estaria decretada. 

O domínio do desgoverno sobre a mídia em geral é tão gritante que a possível vitória seria cantada em prosa e verso como mais uma brilhante atuação do desgoverno, assim como estão divulgando sobre o que foi o fantástico retorno econômico advindo da gastança dos turistas que inundaram o País.

 Contudo, apesar de sediar a apoteótica reunião dos BRICs, conjuminar o encontro com os presidentes parceiros da UNASUL, na verdade um rascunho mal feito do extinto Pacto de Varsóvia na América do Sul, tudo ilustrado com a presença do Putin, indiciado como responsável pelo abate da aeronave da Malásia na Ucrânia, os dividendos eleitoreiros para o neurônio solitário foram negativos.

 
23/07/14 - Democracia pobre, eleições milionárias Imprimir E-mail
Notícias - Eleições

Nossa democracia é pobre, mas nossas eleições são milionárias
Por MURILLO ARAGÃO - O Tempo - 23/07/14
Os orçamentos apresentados pelos principais candidatos a presidente da República para as eleições de 2014 são um acinte, um despropósito, uma vergonha, um absurdo e um descalabro. Cabem outros tantos adjetivos à situação pornográfica que estamos vivendo em termos de campanhas eleitorais no Brasil.
A campanha de Dilma Rousseff (PT) à reeleição está orçada em R$ 298 milhões, valor do teto para as despesas. Nada menos do que 33% a mais do que na campanha de 2010. Aécio Neves (PSDB) é mais modesto, sua campanha prevê um gasto de até R$ 290 milhões. E Eduardo Campos (PSB) é o primo pobre dos três principais presidenciáveis: apenas R$ 150 milhões. Nos Estados, com a devida proporção, o descalabro prossegue. 

 
23/07/14 - Estabilidade enganosa Imprimir E-mail
Notícias - Eleições

MERVAL PEREIRA - O GLOBO - 23/07/14
A boa notícia para a presidente Dilma que a pesquisa do Ibope Inteligência, feita a pedido da TV Globo e do jornal O Estado de São Paulo , traz é a estabilidade da corrida presidencial, embora sua tendência de queda tenha sido registrada, assim como o crescimento da candidatura oposicionista de Aécio Neves, ambas dentro da margem de erro.Os indícios de que o futuro não guarda boas notícias para a incumbente estão, porém, registrados na pesquisa, assim como o noticiário econômico reforça a ideia de que ela não tem boas notícias daqui até a eleição. O fato de o próprio governo já estar admitindo uma inflação mais alta, próxima do teto da meta de 6,5% no ano, e o crescimento mais baixo, de 1,9%, já indica que dificilmente a situação econômica ajudará o projeto de reeleição.

 
23/07/14 - A clava forte da justiça Imprimir E-mail
Notícias - Luta armada

- OCTÁVIO COSTA - BRASIL ECONÔMICO - 23/07/14
Para impedir a realização de atos violentos durante a Copa do Mundo, o juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal do Rio, determinou a prisão preventiva de 23 dos 26 ativistas que são investigados pela polícia desde de junho do ano passado
Há fartas evidências e até gravações que não deixam qualquer dúvida sobre a natureza do movimento. Nos diálogos, são comemorados ataques a tropas de choque e trocam-se informações sobre futuras ações. Algumas conversas, em código, tratam especificamente da compra de combustível para produzir coquetéis molotov. O juiz, portanto, fez o que se esperava: aplicou o Direito para para coibir a afronta às instituições. Alguns parlamentares do PSOL e do PCdoB, porém, viram na decisão abuso de autoridade e entraram com reclamação disciplinar no Conselho Nacional de Justiça. A prisão é arbitrária, dizem.

 
23/07/14 - Morte de Malhães apavorou depoentes, diz membro da CNV Imprimir E-mail
Notícias - Comissão da Verdade

 

obs do site www.averdadesufocada.com
Alguns membros da CNV querem passar a
idéia de que o cel Malhães foi morto por
pessoas ligadas a ele que teriam medo
de suas declarações!
Por que será que não se referem jamais
ao cel Molinas, morto também em
um assalto? As duas mortes têm moti-
vações semelhantes e forneceram
documentos para CNV. Quem lucrou
com isso? Foram seus colegas ou a CNV?

PortalTerra – 23/07/14 

Coronel reformado Paulo Malhães em depoimento à Comissão Nacional da Verdade (ao lado)
Foto: Marcelo Oliveira / Ascom/CNV 
 
O ex-coordenador e membro da Comissão Nacional da Verdade (CNV), José Carlos Dias, disse que a morte do coronel Paulo Malhães "apavorou muita gente", entre os depoentes da comissão. Dias e outros membros se reuniram nesta quarta-feira com a ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti.

“A coincidência daquela morte foi estranha e serviu de estímulo para que muitos se recusassem a falar, a comparecer. É o medo. Isso é muito significativo. Mas conseguimos saber muitas coisas e, cruzando com documentos, vamos apresentar um relatório substancioso”, disse Dias, sobre o relatório final da Comissão que será apresentado em 10 de dezembro.

 
23/07/14 - Comissão vai pedir condução "à força" de militares que se recusaram a depor Imprimir E-mail
Notícias - Comissão da Verdade

AGUIRRE TALENTO
Brasília, DF - (FolhaPress) - A Comissão Nacional da Verdade vai pedir que a Polícia Federal conduza coercitivamente os militares que se recusarem a prestar depoimento - na prática, seriam levados à força. Nesta segunda-feira (21), integrantes da comissão se reuniram com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo e com o diretor da PF, Leandro Daiello, para informá-los previamente desta intenção. Cardozo deu aval para que os pedidos sejam cumpridos, segundo os integrantes da comissão.
A Comissão da Verdade está fazendo um mutirão de depoimentos nesta semana, em Brasília, e na próxima no Rio de Janeiro, para o qual foram convocados 41 militares. Ao fim do mutirão, será feito um balanço e poderá ser solicitada a condução coercitiva à Polícia Federal.

 
22/07/14 - Com asilo negado deputada/ PSOL retira Eloisa Samy do consulado uruguaio Imprimir E-mail
Notícias - Luta armada

 

Janira Rocha, deputada estadual/Psol

Deputada dá carona a advogada ligada a black bloc; Assembleia analisa

     Eloisa Samy foragida da
     polícia. O perigo é que o
     grupo de foragidos seja
     induzido por ela a cair na
     clandestinidade
.

 cassação
Corregedoria e Conselho de Ética da Alerj analisam conduta de Janira Rocha (PSOL), que ajudou a advogada Eloisa Samy a fugir da polícia
Daniel Haidar, do Rio de Janeiro - VEJA - 22/07/14  
LAÇOS – Janira Rocha, deputada estadual pelo PSOL: carona para uma foragida da Justiça, ligada a black blocs, em carro oficial da Assembleia (Carlo Wrede/Ag. O Dia)
A carona oferecida pela deputada estadual Janira Rocha (PSOL-RJ) para uma advogada ligada a black blocs – e foragida da Justiça – poderá custar caro para a parlamentar. Usando um carro da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro, Janira transportou na noite desta segunda-feira a advogada Eloisa Samy, que tentava asilo no Consulado do Uruguai, em Botafogo, para evitar ser presa. Quando soube que o pedido fora negado pela representação uruguaia, Eloisa tramou uma fuga até um supermercado em São Conrado, na Zona Sul, escondida no carro da deputada do PSOL. De lá, a advogada desapareceu.

 
22/07/14 - Sindicatos envolvidos nas manifestações Imprimir E-mail
Notícias - Luta armada

 

 Manifestantes tentam invadir a Câmara dos Vereadores. Durante
protesto em outubro do ano passado:a Polícia Civil abriu um novo
inquérito para investigar a ligação de sindicatos com ativistas
acusados de vandalismo.
Marcelo Carnaval / Agência O Globo (o7/10/2013

Polícia Civil suspeita do envolvimento de sindicatos no financiamento de manifestações
Entre as entidades citadas, aparecem o Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe), o Sindprev e o Sindpetro
Por Sérgio Ramalho - 22/07/14 
  a Polícia Civil abriu um novo inquérito para investigar a ligação de sindicatos com ativistas acusados de vandalismo - Marcelo Carnaval / Agência O Globo (07/10/2013)
RIO — A investigação da Polícia Civil sobre a participação de manifestantes em atos de vandalismo revelou indícios do envolvimento de sindicatos no financiamento de protestos. As evidências foram levantadas a partir do monitoramento, autorizado pela Justiça, de telefonemas e e-mails, além de depoimentos ouvidos no inquérito da Delegacia de Repressão a Crimes de Informática (DRCI) que resultou na Operação Fire Wall.

 
22/07/14 - Na década de 60 começou assim e deu no que deu!... Imprimir E-mail
Notícias - Luta armada

 

Elisa Quadros Sanzi , a "Sininho"
comandaria 19 pessoas que lide-
ravam os grupos (organizações
semelhantes as existentes nas
décadas de 60 e 70).
Leia no link  final da matéria
"Recrutamento de jovens"

Inquérito que embasou prisões expõe suposta organização de manifestantes

   Camila Jourdan é uma das principais figuras do
   organograma da organização da quadrilha que 
   pretendia marcar violentamente o final do mun- 
   dial com o que chamararam de " Junho Negro",
   em referência aos 1ºs protestos de 2013.

Fábio Grellet - O Estado de S. Paulo - 21/07/14
Informações foram coletadas por meio de depoimentos prestados por 38 pessoas e escutas telefônicas autorizadas pela Justiça
 Segundo a investigação, Elisa Quadros Sanzi, a Sininho, comandaria 19 pessoas responsáveis pelos grupos
RIO - Instaurado em 2013 e entregue ao Ministério Público do Rio na última sexta-feira, 18, o inquérito da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) do Rio reuniu informações que embasaram a decretação da prisão preventiva de Camila Jourdan e outros 22 ativistas, acusados de formação de quadrilha. A prisão foi pedida na sexta-feira pelo promotor Luís Otávio Lopes e ordenada horas depois pelo juiz Flávio Itabaiana, da 27ª Vara Criminal.

 
22/07/14 - A Palma de Nossa Medalha Imprimir E-mail
Notícias - Comissão da Verdade

CoroneL Reformado Jorge Alberto Forrer Garcia*
Dias atrás, assisti a uma palestra de um estimado chefe militar. Ele, respondendo a uma pergunta sobre o futuro do Brasil, disse em certa parte de sua resposta: “...no Brasil, até o passado é incerto...”. Lembro-me disso ao ler que a dita Comissão da Verdade chamará para depoimento um grupo de militares baseada no critério de que eles, em alguma etapa de suas carreiras, foram agraciados com a Medalha do Pacificador com Palma que, sabemos, é concedida a militares que por seus atos, os tenham cometido com o risco da própria vida.

 
Mais Artigos...
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 523