A Verdade Sufocada, o Livro Imprimir E-mail
Notícias - Vale a pena ler de novo

1 - averdadesufocada @ terra.com.br ou telefone (61) 3468-6576
2 - LivrariaBrasil.Net
3 - Permanencia.org.br
4 - Livraria Cultura (Brasília, SP, Porto Alegre, Salvador, RJ e Recife)

 
ALERTA A NAÇÃO ! ASSINE ! Imprimir E-mail
Notícias - Doutrinação

O manifesto “ALERTA À NAÇÃO”, por decisão do seu responsável, encerrou o recebimento de apoios, tão logo foi considerado ter cumprido, com sucesso, a sua finalidade. Entretanto,  não cessaram, até hoje, de forma contínua, os envios de apoios, quer de militares quer de civis.
Atualmente, em face do incremento da gravidade da situação de descalabro político e moral que permeia os poderes da República e da respectiva insatisfação e reação crescente de grande parcela da sociedade mais esclarecida,o volume de apoio ao manifesto vem aumentando significativamente.Assim para dar uma resposta a essas vozes, que exigem o fim de tais descalabros, resolvemos reativar o grito de "Alerta À Nação", recebendo e publicando no site www.averdadesufocada.com os apoios recebidos.Se o desejar assine nos comentários ou mande seu nome para o e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  .

ELES QUE VENHAM.POR AQUI NÂO PASSARÂO! 

Atenciosamente
A editoria do site

 

 
MANIFESTO (Atualizado em 09/06/2012 21:59hs) Imprimir E-mail
Notícias - Forças Armadas
 
18/04/14 - CARTA ABERTA AOS BRASILEIROS Imprimir E-mail
Notícias - Política interna

 “Estamos à beira do perigo de um governo autoritário,
que vai passar por cima, como já está passando,
da Constituição e das leis”. (Hélio Bicudo, fundador do PT)
  O Grupo Terrorismo Nunca Mais – TERNUMA, associado ao segmento esclarecido da sociedade, solidariza-se com as Forças Armadas, em repúdio à forma falsa e ardilosa com que têm sido transmitidos à Nação os fatos que antecederam a crise política-institucional de 31 de março de 1964 e suas conseqüências para o Brasil.

 
17 /04/14 - Tráfico de drogas Imprimir E-mail
Notícias - Diversos

MUITO BOM. NÃO PERCA! RP. 

Em Quarta-feira, 16 de Abril de 2014 18:52, HECKSHER MARIO  escreveu:

ESCUTE UM COMPETENTE SARGENTO DA PM FALANDO COISAS CERTAS SOBRE O TRÁFICO DE DROGAS E A PENA DE MORTE.

https://www.facebook.com/photo.php?v=594801077283523

 
17/04/14 - Os “absurdos” da Academia Militar das Agulhas Negras. Imprimir E-mail
Notícias - Forças Armadas

(autor desconhecido)

Há no Brasil uma Instituição “atrasadíssima”, conforme os padrões sociais atuais, sobretudo , os padrões petistas.
Imaginem só, a AMAN, que forma os oficiais do Exército Brasileiro, é uma Instituição de ensino superior onde é proibida a “cola” (implica expulsão em 24 h) e o anonimato.
Lá o professor ( chamado MESTRE) é tratado com respeito e reverência máximas. O Cadete ( Aluno da AMAN) só progride por méritos próprios, e pasmem , é proibido a maconha ou qualquer tipo de droga.

 
17/04/14 - A ditadura do saber nas escolas Imprimir E-mail
Notícias - Doutrinação

 
Não permitiremos que currículos escolares de nossas escolas militares sejam modificados
Rômulo Bini Pereira* - Zero Hora/ Opinião – 16/04/14
Ao final do mês de março último, membros da Comissão Nacional da Verdade afirmaram que há imperiosa necessidade de serem reformulados os currículos das escolas militares, principalmente no que tange ao ensino da disciplina História do Brasil nos Colégios Militares. É “intolerável” para eles que a Revolução de 31 de Março seja ainda hoje enaltecida.
Esses membros poderiam pesquisar em outras fontes e, na mesma intensidade, escrever a respeito de ensinos de teorias radicais de esquerda nas escolas pertencentes à rede pública. Será que o Ministério da Educação deve também, como sugerem tais comissões, atuar nesses estabelecimentos de ensino público ou a atuação vale somente para as escolas militares? Que opção seria melhor para a História do Brasil? “Vaporizar” dos currículos das escolas militares a Revolução de 31 de Março ou debater democraticamente o fato histórico?

 
17/04/14 -Socialismo – Uma armadilha perigosa Imprimir E-mail
Notícias - Política interna

Por  Maynard Marques de Santa Rosa
“Todos os filósofos apresentaram uma interpretação diferente do mundo. Agora, é preciso mudá-lo” (Karl Marx).
Mudar o mundo é um delírio do homem, uma pretensão da criatura que se crê acima do próprio criador.
Fruto de vaidade intelectual, certas quimeras levam tempo para serem exorcizadas. Francis Bacon acreditava que: “a ciência e a lógica podem resolver todos os problemas e ilustrar a infinita perfectibilidade do homem”. Quatro séculos depois, Jung demonstrou que “a razão do homem, no fundo, nada mais é do que seus preconceitos e miopias”, enquanto instintos e arquétipos do seu inconsciente são legados de origem divina. E arrematou: “O racionalismo não garante de forma alguma uma consciência superior, mas tão só unilateral”.

 
17/04/14 - Síndrome da insurgência Imprimir E-mail
Notícias - Política interna

Ruy Fabiano
Quinta-feira, 13, mais um PM foi assassinado, no Rio, por traficantes, numa UPP da favela de Vila Cruzeiro, Complexo do Alemão. O ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, deve estar satisfeito.
Afinal, há duas semanas, num seminário do Ministério da Justiça sobre mediação de conflitos, sustentou a legitimidade de atos dessa natureza, lamentando que o governo, do qual faz parte, “se posicione claramente contra tudo que é insurgência e reivindicação de direitos” e que o Judiciário insista em “tomar sempre uma postura legalista”.

 
17/04/14 -INCONSTITUCIONALIDADE DA REVISÃO DA ANISTIA Imprimir E-mail
Notícias - Anistia

Sérgio Alves de Oliveira - OAB/RS 5.348
Não faremos a abordagem na forma de parecer jurídico sobre o que hoje foi aprovado na Comissão de Direitos Humanos do Senado. Ficaria muito “chato” para os que não trabalham  na área do Direito. E nem o “foro”seria o apropriado.
Após inúmeras discussões na sociedade ,finalmente foi aprovada a Lei 6.683,de 1979,concedendo ANISTIA aos que cometeram crimes políticos ,ou “conexos”,no período de 1961 a 1979.
Provocado pela OAB,o Supremo apreciou a “Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental” (ADPF) Nº 153,entendendo que a expressão “conexos”,do art.1º da citada lei,abrangia TAMBÉM os agentes públicos civis e militares que teriam agido com excessos no combate aos que se opunham,pela violência,ao Regime Militar . Essa provocação da OAB foi como um tiro que saiu pela culatra,já que o seu intento era o contrário,somado ao fato de que a entidade  tem sido muito usada para interesses políticos suspeitos,não condizentes com os interesses da classe de advogados.

 
17/04/14 - O Pais no plano inclinado do autoritarimo Imprimir E-mail
Notícias - Política interna

Por  Sérgio Paulo Muniz Costa* – Diario do Comércio 15/04/2014
Nas últimas semanas, consumou-se o linchamento midiático agendado para o 31 de março de 2014. O noticiário e a atitude acrítica da sociedade cristalizaram um veredicto sobre 1964. Satisfeitos, os operadores do pensamento já tratam de mudar o cenário, pois a opinião pública convencida da verdade única deve voltar a ser entretida com a novela dos escândalos, um grande sucesso de audiência protagonizado pelos insuperáveis canastrões da política brasileira.

 
16/04/14 - ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2014 Imprimir E-mail
Notícias - Eleições

GOVERNO DO PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT)
É SEMPRE BOM RELEMBRAR E RETER NA MENTE - O PT  NÃO PODE CONTINUAR NO GOVERNO PARA O BEM DO BRASIL
TRATA-SE DA REPÚBLICA DO MENSALÃO
Demagogia / Populismo /Sindicalismo/Revanchismo


Por - Aluisio Madruga de Moura e Souza

Revolução em Marcha II

No governo do Lula também foi criada a república do mensalão que fez arrepiar e escandalizar os até então PCs Farias  da vida. E Lula de maneira patética afirma que “fui traído”. Foi a maneira que encontrou  para escapar da responsabilidade. Não pratiquei a ação. Eu a sofri, ou seja,  nada tenho com o que está acontecendo! Caixa 2, compra de votos para implantar por intermédio do Congresso o comunismo no País(olha a Constituinte aí), evasão de divisas, pagamento de mensalões, vale - família, vale-fome, corrupção ativa? Estou fora! Foi outro! Quem ? Sei lá quem.

 
16/04/14 - Crime de Tortura/Imprescritibilidade Imprimir E-mail
Notícias - Anistia

Por A. C. Monteiro - Advogado  
                       Embora não seja especialista no assunto, tampouco um jurista de “skol”,  desde há muito venho escrevendo sobre o tema em tela, demonstrando com riqueza de detalhes jurídicos que o crime de tortura nunca foi imprescritível, segundo princípio constitucional, doutrina e jurisprudência, amplamente divulgado através das redes sociais, assim àqueles que fazem partem do meu convívio social, principalmente aos que vêm sendo perseguidos pelos revanchistas marxistas/leninistas que, insistem em puni-los pela suposta prática dessa modalidade delitiva, por fatos ocorridos durante o regime militar.

 
16/04/14 - SER OU NÃO SER, EIS A QUESTÃO Imprimir E-mail
Notícias - Política interna

Por Gen Bda Ref Valmir Fonseca Azevedo Pereira
Na medida em que os direitos humanos passaram a dominar a humanidade em detrimento dos deveres, os mais atilados e espertos, sejam os partidos políticos, sejam os melífluos parlamentares, abraçaram com fervor a tese corrente de que todos têm direitos. É verdade, todos temos direitos. Deveres, talvez. Na atualidade, portanto a máxima é sair do armário, seja você como for, deixe a vergonha de lado e assuma. O grau de liberalidade é tamanho, que seja como você é não esconda e brade ao mundo “eu sou assim”, e, lepidamente, com orgulho, exponha aos demais viventes, que você é assim ou assado, e que nada neste mundo poderá impedir ou discriminar as suas opções, mesmo que elas contrariem as leis do Criador e da natureza.

 
16/04/14 - Eleições Clube Militar Imprimir E-mail
Notícias - Eleições

                                       O CLUBE MILITAR COMO ATOR POLÍTICO
                                                 GENERAL MARCO ANTONO FELICIO da SILVA
                                  ATUAL CANDIDATO À PRESIDÊNCIA DO CLUBE MILITAR
                                                       CHAPA TRADIÇÃO, COESÃO e AÇÃO                                              
O Clube Militar é uma associação civil, não subordinada a quem quer que seja, a não ser a sua Diretoria, eleita por seu quadro social, tendo mais de cento e vinte anos de gloriosa existência. São anos de luta, determinação, conquistas, vitórias e de participação política efetiva em casos relevantes e de inflexão da História Pátria.
Há vários anos que esta face do Clube está oculta.
Hoje, o País vive situação de descalabro político e moral. O governo está entregue a uma quadrilha que exaure a Nação. É, pois, momento de nos inspirarmos nas tradições da “Casa da República” e imprimir um novo modelo ao Clube que, sem deixar de ser  um lugar de lazer, volte a ser ator político de cunho nacional, ativo fórum de debates, influenciando politicamente e contribuindo para a defesa dos interesses das FFAA e do País.
O Clube Militar não pode se vergar diante de pressões de qualquer natureza, como também não pode se intimidar por assumir papel de ator político, dando vez e voz aos militares. Deve se opor à propagação de uma nova e mentirosa estória que desonra as Forças Armadas e transforma heróis em bandidos e bandidos em heróis, apoiando, de todas as formas, os militares que combateram a subversão comunista. Deve propugnar comportamento ético para os homens públicos e defender a dignidade dos militares, hoje, também, ferida e constrangida com salários aviltados e cortes orçamentários.
Não podemos nos esquecer de que Política Externa, em qualquer país que aspira agir como potência, defendendo interesses variados, sem deles abrir mão, se faz com Diplomacia e Forças Armadas.
Isso não ocorre no Brasil, pois, temos governo incapaz, sem planejamento, inclusive de Nação, e falta de visão estratégica, reflexo de anos de inconsequente ação política sob a liderança de homens medíocres e irresponsáveis como os de hoje.
Portanto, a defesa dos interesses maiores do País leva a que defendamos a existência do Estado de Direito, hoje uma balela, e de Forças Armadas, modernamente equipadas, com real capacidade operacional e poder de dissuasão, com seus integrantes remunerados de acordo com a excelsa missão que cumprem.
O Clube Militar, pelas suas tradições e atuação, pela abrangência nacional e pelos quadros que possui, sem perder a sua característica de clube de lazer, aliado a outras organizações civis que congregam militares, tem as melhores condições de traduzir, publicamente,  o resultante de  nossa união, das ideias e ações originárias de estudos de temas inerentes aos interesses nacionais e de debates respectivos, possibilitando, entre outras coisas, o conhecimento externo do pensamento militar, a erradicação de estereótipos e o surgir de representação de militares da Reserva e de reformados no Congresso Nacional, onde se decidem os destinos da Nação.
Tudo isso deve ser feito de forma integrada e coordenada, sem que o Clube se imiscua em política partidária. Isso, também, não significa transformar o Clube em sindicato, o que não é, e jamais o será, pois, incompatível com o procedimento do estamento militar, por formação e por crença em valores perenes.
            O meu compromisso é de priorizar a coesão da categoria militar e de forjar um novo modelo para a “Casa da República” que, ao lado do lazer, de acordo com as suas tradições, dará vez e voz, de natureza Política, aos militares.
 
“A Instituição será maculada, violentada e conspurcada diante da leniência de todos aqueles que não pensam, não questionam, não se importam e não se manifestam”
 
              ELES QUE VENHAM. POR AQUI, NÃO PASSARÃO!
                         VOTE GENERAL MARCO FELICIO

 

 
15/04/14 - Delegado do DOPS fala do Contra Golpe de 64 Imprimir E-mail
Notícias - Contra Revolução de 1964

Delegado Carlos Alberto Augusto

 
15/04/14 - O farmacêutico do ar Imprimir E-mail
Notícias - Política interna

11 de abril de 2014
FERNANDO GABEIRA - O Estado de S.Paulo
As coisas andam esquisitas. Ou sempre estiveram, não sei. Dia agradável de trabalho na Serra da Canastra, revisitei a nascente do São Francisco e vi uma loba-guará se movendo com liberdade em seu território. De noite sonhei com o PT. Logo com o PT.
Sentei-me na cama para entender como os pesadelos do Planalto invadiam meus sonhos na montanha. Lembrei-me de que no início da noite vira a história de André Vargas e do doleiro Alberto Youssef na TV, os farmacêuticos do ar que vendiam remédios dos outros ao Ministério da Saúde. Pensei: esse Vargas é vice, no ano que vem seria presidente da Câmara dos Deputados. Como foi possível a escalada de um quadro tão medíocre? A resposta é a obediência, o atributo mais valorizado pelos dirigentes, antítese de inquietação e
criatividade, sempre punidas com o isolamento.

 
15/04/14 - Capítulo I - Revolução em Marcha I Imprimir E-mail
Notícias - Política interna

ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE 2014  
É SEMPRE BOM RELEMBRAR E RETER NA MENTE
O PT NÂO PODE CONTINUAR NO GOVERNO PARA O BEM DO BRASIL -                                                                                        

TRATA-SE DA REPÚBLICA DO MENSALÃO
Demagogia / Populismo /Sindicalismo/Revanchismo
Por  Aluisio Madruga de Moura e Souza(*)

Já escrevi sobre o assunto mas o momento exige que voltemos ao tema. Retirei a citação abaixo do livro “1964 – A Revolução Injustiçada”, escrito por  Gustavo O.  Borges, por ser bastante esclarecedora a respeito da ação nefasta que vem sendo desenvolvida pelo  governo do PT e toda malta de seus apadrinhados em relação a nossa Pátria e em particular às Forças Armadas.
“ Não criarás a prosperidade se desestimulares  a poupança. Não fortalecerás os fracos por   enfraqueceres os fortes. Não ajudarás o assalariado se arruinares aquele que o paga. Não estimularás a fraternidade humana se alimentares o ódio de classes. Não ajudarás os pobres se eliminares os ricos.  Não poderás criar estabilidade permanente baseada em dinheiro emprestado. Não evitarás  dificuldades se gastares mais do que ganhas. Não fortalecerás a dignidade e o ânimo se subtraíres ao homem a iniciativa e a liberdade. Não poderás ajudar aos  homens de maneira permanente se fizeres por eles aquilo que eles podem e devem fazer por si próprios.” ABRAHAM LINCOLN(1809-1865).

 
15/04/14 - O doleiro dos oprimidos Imprimir E-mail
Notícias - Corrupção

Guilherme Fiuza, O Globo
 O deputado André Vargas não fez nada de mais. Apenas cumpriu o primeiro mandamento para ascender no PT: siga o dinheiro. Ou, mais precisamente, siga e consiga o dinheiro. Sua intimidade com o doleiro Alberto Youssef, preso no centro de um esquema que teria movimentado 10 bilhões de reais, não deixa dúvidas: Vargas chegou lá. Quem não entendeu como o obscuro deputado curitibano saltou de secretário de comunicação do partido para vice-presidente da Câmara dos Deputados não entende nada de PT.
O despachante de André Vargas era o homem que operava o duto entre os cofres públicos e os políticos amigos do rei (rainha). Se alguém achar que isso se parece com a quadrilha do mensalão, esqueça. O ministro Luís Roberto Barroso já explicou que a quadrilha não existiu, e o STF assinou embaixo.

 
15/04/14 -Juventude roubada Imprimir E-mail
Notícias - Política interna


Carlos Alberto di Franco -O Globo
Fala-se de tudo. Menos da crise da família
O crescimento da Aids, o aumento da violência e a escalada das drogas castigam a juventude. A deterioração econômica exacerba o clima de desesperança. A percepção da falência do Estado em áreas essenciais (educação, saúde, segurança, transporte) gera muita frustração. Para muitos jovens os anos da adolescência serão os mais perigosos da vida.

 
Mais Artigos...
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 1 de 498